Métricas de marketing digital: conheça as principais

métricas de marketing digital

As métricas de marketing digital são recursos essenciais para conferir os resultados das campanhas que uma marca coloca em prática. Ao mesmo tempo, os gestores precisam acompanhar aquilo que é realmente relevante.

Todas as métricas escolhidas pela companhia dizem muito sobre suas ações estratégicas, e se um dos indicadores não trazem um bom resultado, talvez seja a hora de rever as práticas e fazer alguns ajustes.

A companhia precisa conferir os resultados para saber quais pontos da estratégia precisam de correções e quais deles têm se mostrado como excelentes oportunidades.

Independentemente disso, os dados apresentam muito potencial para os negócios, contudo, é necessário que os gestores tenham cuidado com aquilo que chamamos de métricas de vaidade, pois elas não são relevantes para o negócio.

A marca só sabe o que ela precisa acompanhar ou o que deve ignorar se conhecer bem seus objetivos, saber quem é o seu público e quais são suas características, as estratégias de marketing que coloca em prática e as necessidades da empresa.

Neste artigo, vamos explicar o que são métricas de marketing digital, falar um pouco sobre a sua importância, os benefícios trazidos por elas e quais são as mais importantes.

Afinal, o que são métricas?

As métricas de marketing digital nada mais são do que maneiras de mensurar os resultados das campanhas praticadas pela marca.

É assim que a empresa consegue obter clareza em relação aos planos de ação, de que maneira pode garantir bons resultados, entender o que funciona ou não, além de otimizar as estratégias.

Por exemplo, a equipe de marketing de uma plataforma e-commerce que vende, dentre outras coisas, kit rebolo para furadeira, precisa avaliar várias informações, como:

  • Ticket médio;
  • Lifetime Value (LTV);
  • Custo por clique (CPC);
  • Custo de aquisição de cliente (CAC);
  • Taxas de conversão.

Quanto mais taxas a equipe de marketing acompanhar, mais clareza terá sobre todas as ações colocadas em prática. Portanto, a função desse acompanhamento é saber quais estratégias estão ou não trazendo os resultados almejados.

Importância das métricas de marketing digital

O objetivo das métricas é analisar os resultados e assim entender se o planejamento de marketing digital da marca está realmente funcionando. Essas estratégias são criadas em diferentes etapas, e cada uma possui campanhas e ações.

Esse acompanhamento é necessário também porque aperfeiçoa a comunicação entre a marca e a audiência, de modo que ela adote linguagens adequadas e chamadas para a ação (Call to Action) que realmente geram conversões.

Mensurar a performance detalhadamente é a melhor maneira de obter insights valiosos que vão aprimorar cada vez mais as estratégias de marketing.

Os resultados obtidos por um fabricante de máscara proteção mostram os investimentos certeiros, independentemente do tipo de ação praticada em determinada campanha, como as orgânicas e as pagas.

Com relação às redes sociais, é uma forma de saber os formatos de conteúdo que geram um engajamento na audiência e o horário em que as pessoas costumam interagir mais com a marca.

Usar os dados escolhidos por meio das ferramentas adequadas também é um modo de melhorar as tomadas de decisões. De maneira prática e direta, trabalhar com as métricas é sinônimo de evitar decisões baseadas em achismos.

Em outras palavras, as decisões passam a ser baseadas em dados concretos, que são obtidos em tempo real. As métricas são informações valiosas e que não devem ser ignoradas pelo negócio.

Benefícios do uso de métricas

Como falamos anteriormente, todas as empresas precisam analisar as métricas de marketing digital para tomar boas decisões. Ao fazer uma análise constante, a primeira vantagem é identificar qualquer tipo de problema no site com facilidade.

Ao fazer as melhorias necessárias, a marca terá mais facilidade para vender e promover outros tipos de conversões, como assinaturas de newsletter.

Assim, um fabricante de espuma de polietileno para embalagem vai obter o melhor retorno em vendas e fazer com que seus canais tenham menos custos.

Uma das melhores formas de fazer isso é por meio do Google Analytics, uma ferramenta usada por empresas dos mais variados portes e segmentos, fundamental para conhecer as métricas e os indicadores de desempenho.

Principais métricas de marketing digital

Exige uma enorme quantidade de métricas que a empresa pode trabalhar no dia a dia, mas dentre as principais estão:

1 – Custo de aquisição de clientes (CAC)

As organizações precisam saber quanto custa a  aquisição de cada novo cliente, caso contrário, acaba dando tiros no escuro em relação aos investimentos para conquistar os consumidores.

Ao fazer essa análise, é necessário incluir todos os custos, como o salário da equipe, investimento em mídia, entre outros. 

Também é preciso somar todas as despesas com marketing e vendas durante determinado período e comparar com o número de clientes novos.

Mesmo um fabricante de vidro temperado jateado deve manter essa métrica sempre às vistas, pois é por meio desse recurso que será possível identificar se os recursos de marketing estão se esgotando e o que precisa ser mudado nesse caso.

2 – Tempo de vida do cliente

Mesmo que você já tenha encontrado o custo de aquisição de cliente, analisar somente essa métrica não é o suficiente, visto que ela precisa ser colocada dentro de um contexto para saber o retorno obtido de fato.

As empresas que trabalham com produtos ou serviços pontuais têm mais facilidade para fazer essa comparação, pois tudo o que precisam fazer é analisar o ticket médio, que deve ser sempre maior do que o CAC.

Agora, as empresas de serviços recorrentes terão um pouco mais de dificuldade para saber o quanto de lucro seus clientes estão gerando.

Para ter mais precisão em relação a isso, uma empresa de serviço de cabeamento de rede residencial pode avaliar o tempo de vida do cliente, que ajuda a ter mais previsibilidade em relação aos orçamentos.

Trata-se de uma métrica que mostra a receita média que cada consumidor gasta com a empresa durante todo o período que faz negócios com ela. Também é ideal que essa métrica seja maior do que o custo de aquisição de clientes.

3 – Custo por clique

Quando a marca investe em campanha de tráfego pago precisa avaliar o custo por clique, pois é por meio dessa métrica que saberá o quanto está sendo investido para que cada pessoa chegue até a página do site.

Assim, a criação de uma landing page pode ser usada para saber quantas pessoas chegaram até ela e o quanto foi preciso gastar para isso.

A marca ainda pode usar essa informação para avaliar quais versões de seus anúncios estão obtendo os melhores resultados, além dos formatos que podem ser descartados.

4 – Taxa de conversão

Uma empresa de alugar van para viagem com motorista pode considerar como conversão qualquer passo que o visitante der para se tornar cliente.

Ou seja, uma pessoa que assinou a newsletter, que se cadastrou em uma promoção ou que baixou o e-book é um usuário que já foi convertido em lead.

Por essa razão, a taxa de conversão pode ser usada com diferentes finalidades, lembrando que converter é a principal finalidade das estratégias de marketing digital, portanto, esta métrica deve ser sempre analisada.

Várias situações podem ocasionar em baixas taxas de conversão, como site de pouca usabilidade, falta de chamadas para ação, conteúdos de qualidade duvidosa, dentre outras possibilidades.

5 – Visitas no site

Uma empresa de entrega de pequenas encomendas também pode calcular o número de visitas no site para saber seu alcance na internet. Esta é uma forma de saber quantos usuários acessam os conteúdos todos os dias.

É interessante analisar as visitas individuais para saber as páginas mais acessadas, e com isso identificar o que agrada o público na plataforma.

6 – Taxa de abertura de e-mail

As organizações também precisam gerar leads e aumentar sua lista de e-mail frequentemente, só que não basta apenas ter um alto número de assinantes.

Na verdade, é crucial fazer com que as pessoas abram o e-mail para que a estratégia realmente tenha efeitos. É por meio da taxa de abertura que o negócio descobre a quantidade de pessoas que clicaram no e-mail.

Logo, se o fabricante de divisórias de mdf para escritório quiser aumentar as taxas de abertura, primeiro precisa ser criativo ao escrever os assuntos das mensagens, pois é eles são responsáveis por atrair a audiência.

Fazer uma limpeza periódica na lista de contatos também ajuda muito, ou seja, exclua pessoas que não interagem, uma vez que isso melhora as taxas de entrega e ajuda a reduzir gastos com a plataforma e ferramentas de envio.

Considerações finais

Um dos grandes diferenciais do marketing digital é a possibilidade de analisar as estratégias e alterá-las todas as vezes que forem necessárias, de modo a otimizar o planejamento.

As métricas são muito importantes para potencializar o investimento em diferentes ações de marketing, além de que ajudam o seu negócio a alcançar os objetivos propostos, sem desperdiçar tempo e dinheiro.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.