Marketing de Conteúdo: o que é e como fazer uma estratégia eficaz

O sucesso dos negócios é algo que envolve algumas estratégias que ajudam a destacar o trabalho. Assim, apostar no Marketing de Conteúdo, por exemplo, é uma maneira de ter mais clientes, aumentar as vendas e ter um excelente faturamento.

O que é Marketing de Conteúdo?

Marketing de Conteúdo é uma estratégia que visa a produção e distribuição de conteúdos específicos para o público-alvo. Estes materiais podem ser:

  • Artigos;
  • Cases de sucesso;
  • E-books;
  • E-mail marketing;
  • Infográficos;
  • Posts em blog e nas redes sociais;
  • Podcasts;
  • Vídeos;
  • Webinars;
  • White paper (E-book compacto).

Estes são apenas alguns exemplos dentre as inúmeras opções que podem ser elaboradas para gerar interesse no público e, assim, ganhar a confiança dos potenciais clientes.

Os conteúdos elaborados não são para fazer promoção direta da empresa, mas apresentam soluções para as dúvidas e problemas dos usuários relacionados ao segmento de atuação da marca.

Tal fator pode despertar a curiosidade dos indivíduos para conhecer mais sobre o negócio e aumenta a oportunidade de ter um lead (potencial cliente), visto que agrega confiabilidade e valor à marca.

Na prática, o marketing de conteúdo é uma estratégia focada em engajar o público-alvo, algo que pode ajudar no crescimento do número de clientes e lucros. Um ponto importante é que esta técnica pode ser utilizada em diferentes segmentos, desde uma clinica particular urologista até em comércios varejistas, pois é uma estratégia que pode ser implementada em diversos negócios.

Quais os benefícios do Marketing de Conteúdo?

Os principais ganhos em investir no marketing de conteúdo são:

  • Ajuda a construir redes profissionais;
  • Aumenta o tráfego do site;
  • Melhora a base de contatos;
  • Educa o mercado e o público-alvo;
  • Permite oferecer boas referências para os clientes;
  • Gera o brand awareness (mais reconhecimento) e potencializa o engajamento com a marca ou empresa;
  • Reduz os custos de aquisição dos clientes e ajuda na taxa de retenção;
  • Mais oportunidades de vendas;
  • Construção de vínculo do cliente com as redes sociais do negócio.

Com muitos benefícios que ajudam no sucesso da empresa ou marca, investir nas estratégias de marketing de conteúdo é o modo de conseguir excelentes resultados para a emergência veterinária 24 horas.

Estratégias de Marketing de Conteúdo e como colocá-las em prática

Com o objetivo de documentar e levantar pontos importantes para o sucesso do negócio. Até o momento de colher bons frutos, os profissionais precisam trabalhar muito, elaborando planejamento que facilitam a organizar o negócio e colocar as estratégias em prática.

Uma estratégia de marketing de conteúdo é basicamente dividida em cinco etapas: planejamento, desenvolvimento da persona que os conteúdos serão direcionados, criação de conteúdos, distribuição nos canais de comunicação e mensuração dos resultados.

Para o processo de criação das estratégias para o marketing de conteúdo, os profissionais podem utilizar o Inbound Marketing, conceito que visa atrair, converter, vender e encantar o público-alvo.

O Inbound Marketing é conhecido popularmente como Marketing de atração. Com essa estratégia, a pessoa voluntariamente procura a empresa ou marca, diferente do marketing tradicional que tem uma maneira mais agressiva de divulgação.

O papel do planejamento para o sucesso do Marketing de Conteúdo

O marketing de conteúdo vai muito além do que escrever os conteúdos. Por isso, o planejamento é tão importante para definir as metas, objetivos, estratégias e as métricas que o fabricante de brindes personalizados, por exemplo, irá utilizar.

No plano, os profissionais podem definir o tipo de linguagem que será utilizada, escolha dos temas, palavras-chave, entre outros detalhes. 

Durante o processo de elaboração do planejamento é importante ter o perfil da persona, os objetivos e os KPIs (Key Performance Indicators) que são os indicadores de desempenho chave que ajudam na avaliação dos resultados com as métricas e os conteúdos que serão distribuídos no funil de vendas.

Objetivos e KPIs

Ter objetivos definidos é muito importante para conseguir utilizar as melhores métricas e assim ver se os resultados desejados para o seu negócio estão ou não acontecendo. Após estabelecer as metas e objetivos, os profissionais devem decidir os KPIs.

O processo deve ser feito com cuidado para evitar comportamentos prejudiciais para os negócios que são o de acompanhar demais as métricas e o extremo que é o de não avaliar nada.

No momento de escolher os KPIs, ou seja, as métricas para mensurar os resultados é importante considerar alguns fatores como: simplicidade ao entender, importância, facilidade de mensurar e a capacidade de levar as ações positivas, ou seja, o posicionamento do negócio.

Funil de vendas e os conteúdos

O termo funil de vendas é utilizado no marketing para ilustrar as etapas de venda que consiste desde o primeiro contato do lead até o momento que a venda acontece.

Um fator interessante do funil é que ele mostra que muitas pessoas podem chegar até o seu negócio de automação residencial preço, mas somente os interessados passam por todas as etapas até se tornar de fato um cliente.

O marketing de conteúdo é importante nesta fase, pois consegue encurtar o ciclo das vendas. Para otimizar todas as etapas do funil é essencial fazer um trabalho estratégico, ou seja, é necessário pensar em vários conteúdos para todas as etapas do funil.

Conteúdo para o topo do funil

O topo representa a fase de aprendizagem e descoberta. Os conteúdos desta etapa não devem ser publicitários, ou seja, devem ter informações que despertem a curiosidade do público, a ponto de atrair as pessoas para o processo de venda.

Alguns conteúdos que ajudam no topo de funil se resumem em posts em blogs, e-books e guias informativos sobre um determinado assunto, podcasts, vídeos, entre outros.

Meio do funil

Nesta etapa, os indivíduos já sabem que tem uma necessidade específica e estão em busca de soluções. Usar formulário, por exemplo, é um jeito de ter mais leads e em troca oferecer um conteúdo.

Os posts em redes sociais e blogs podem ser utilizados nesta fase, mas precisam ter um conteúdo mais aprofundado.

Um modo de ter leads qualificados nesta fase é apostando em white papers e e-books, opções que rendem bons resultados para o meio do funil. Webinars podem ser um diferencial para os leads, pois mostra a experiência da empresa ou marca, além de ser mais uma solução para os futuros clientes.

Fundo de funil

Este é o momento em que as pessoas já consideram a compra e estão buscando informações que ajudem a decidir sobre a aquisição. O diferencial nesta fase é o contato, ou seja, quanto mais dados sobre o negócio o indivíduo tem, maiores serão as chances de fechar a compra.

Os conteúdos para o fundo de funil precisam ser focados na empresa ou marca, assim a pessoa tem as informações que precisa para decidir a respeito do processo de compra.

Cases de clientes, por exemplo, mostrando soluções oferecidas para os problemas de outros podem ajudar muito. Além desta, outras opções possíveis são: landing pages, por exemplo, para mostrar o preço de gas para geladeira, ofertas e descontos, testes de produtos, entre outros, podem ajudar a dar um impulso nas vendas.

Conteúdos para o pós-venda

As empresas e marcas devem se atentar ao marketing depois da compra, pois este cuidado ajuda a manter e fidelizar os clientes. Usar o marketing de conteúdo para fortalecer o relacionamento entre cliente-empresa, oferecendo conteúdos personalizados com base na experiência de compra é o segredo do sucesso.

Canais de comunicação

Com a persona e o funil de vendas estruturado, é importante pensar no canal em que serão distribuídos os conteúdos. Os melhores canais são os que o futuro cliente está e os que a equipe de marketing pode se dedicar.

É importante fortalecer a presença no online, ou seja, alimentar periodicamente os blogs e redes sociais são formas de conquistar o cliente. Os mais utilizados por uma desentupidora de esgoto Zona Sul e outros negócios são:

Blogs

Os posts em blogs são uma das estratégias mais utilizadas, perdendo apenas para as redes sociais. O blog é considerado um dos pilares das estratégias de marketing de conteúdo, pois permite desenvolver diversos formatos de conteúdos, gera boas oportunidades de converter leads e sucesso nos negócios.

Uma das principais vantagens do blog é que todo o tráfego conquistado é todo da empresa ou marca, ficando com sua audiência, algo que não acontece nas redes sociais que estão sujeitas a perder o tráfego uma para a outra. 

Outro ganho interessante com os blogs é que as postagens impulsionam as visitas no site do negócio.

Redes sociais

Quando se pensa em marketing de conteúdo, as redes sociais devem estar incluídas na estratégia, já que é um excelente canal de comunicação e divulgação. As redes agregam vários ganhos como: engajamento da audiência, divulgação da marca, geração de tráfego e excelentes oportunidades de venda para diversas empresas, por exemplo, de cabeamento de rede SP.

Vídeos, e-mails, materiais ricos, webinars, revistas e jornais complementam as opções de canais de comunicação que podem ajudar no marketing de conteúdo do seu negócio.

O processo de criação do conteúdo é outra etapa importante e envolve vários detalhes como: escolha das palavras-chave para o SEO (Search Engine Optimization), formato e tamanho do conteúdo, processos de revisão de texto e das estratégias e outros procedimentos que ajudam na divulgação do preço de mão de obra piscina alvenaria.

Sendo assim, os investimentos nas estratégias de marketing de conteúdo para o seu negócio, seja uma empresa ou marca é algo que ajuda no sucesso aumentando a popularidade, gerando mais lucros, fidelização dos clientes e novas oportunidades de parcerias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.