4 melhores estratégias para sua loja online

A internet revolucionou e ainda vem alterando nosso estilo de vida, seja pessoal ou profissionalmente no âmbito de gerenciar uma loja online de sucesso, que venda bem e cresça sempre.

A verdade é que o comércio eletrônico vem aumentando a passos largos no Brasil. 

Conforme pesquisa da Ebit/Nielsen, uma referência na área, no último período ele cresceu mais de 40%, o que equivale a um aumento de mais de R$ 80 bilhões no mercado nacional.

Contudo, ler isso em levantamentos oficiais é uma coisa, outra bem diferente é abrir uma loja virtual de caneca personalizada de alumínio e lutar para conseguir seu espaço. É justamente na prática que os desafios começam a se apresentar.

Por exemplo, a diferença entre alguém que já teve um negócio formal, estabelecido fisicamente, e alguém que decidiu apenas surfar a onda de crescimento da internet. 

A falta de experiência, no segundo caso, pode trazer alguns problemas.

Já a experiência acumulada de quem já empreendeu fora da internet certamente vai ajudar, embora possamos afirmar que a esfera digital tenha suas próprias regras. 

Mesmo assim, alguns pontos são universais, como um fluxo de caixa ou um controle de estoque.

Sem falar nos negócios mistos, que já atuam presencialmente, mas decidiram implementar a web como mais uma frente de negócios. Tal como uma empresa de gesso que decide vender online e captar clientes do Brasil todo.

Esses são apenas alguns dos cenários possíveis, o que permanece como verdade é que em todos eles ter boas táticas é fundamental, em vez de simplesmente sair tentando algo sem um planejamento robusto e um plano de ações muito claras.

Por isso, trazemos aqui as 4 melhores estratégias para sua loja virtual simplesmente deslanchar, conseguindo atrair cada vez mais clientes e melhorar sempre em termos de vendas, receita e lucratividade.

Para isso, também é preciso detalhar um pouco da importância e das características próprias do negócio online, sob o risco de as dicas práticas caírem no vazio, gerando abstrações que vão impedir você de aplicar as táticas de maneira concreta.

O mais bacana é que hoje esses recursos evoluíram tanto e já foram tão testados que podem ser aplicados a qualquer segmento, seja para uma indústria que vende maquinários nichados ou para uma papelaria que quer vender porta caneta de acrílico online.

Sendo assim, se você deseja dominar de uma vez por todas as estratégias mais promissoras do comércio eletrônico, aumentando seu arsenal de possibilidades de crescimento e até de fortalecimento digital da sua marca, basta seguir adiante na leitura.

As características e a importância

Já percebemos que, antes de sair aplicando táticas e recursos digitais para sua loja online, é preciso entender o e-commerce enquanto fenômeno comercial contemporâneo.

Em outras palavras, é preciso compreender como se dá o comportamento das pessoas em relação à internet.

O que remete ao surgimento da informática, dos microcomputadores, dos smartphones e à tecnologia de um modo geral.

Na verdade, o comportamento das novas gerações foi completamente alterado graças a esses dispositivos, e se não fosse eles essa revolução toda não estaria acontecendo.

Assim, o que a tecnologia trouxe foi a facilidade e a customização, que é a personalização de produtos e serviços, algo fundamental de ser compreendido.

Basta pensar nas salas de coworking, que permitem que em um mesmo espaço corporativo haja várias marcas e vários autônomos dividindo aquela infraestrutura. 

É a mesma lógica dos motoristas de aplicativo, que conecta passageiros e motoristas do mundo todo. Há diversos serviços atuais que vão na mesma linha.

No caso do e-commerce, as pessoas querem comprar um produto e receber de modo eficiente e ágil, se possível em poucas horas (é a guerra atual do “same day”, que é o famoso “compre e receba no mesmo dia”).

Deste modo, os dispositivos pelos quais é possível acessar a internet e fazer compras são muitos e estão acima do que imaginamos em um primeiro momento, tais como:

  • Laptops;
  • Desktops;
  • Smartphones;
  • Tablets;
  • Smart TVs;
  • Consoles.

Neste último caso, trata-se de videogames, mas também já é possível confirmar compras por smartwatch, que nada mais são do que relógios inteligentes, aparelhados com o celular como modo de permitir navegação na internet e tudo o mais.

Portanto, considere sempre que é nesse cenário que você vai implementar sua loja online e aplicar as melhores estratégias que detalharemos abaixo.

1. Entenda o seu público

Como vimos, o comportamento das pessoas tem mudado consideravelmente nos últimos anos, especialmente o das novas gerações, que já cresceram com acesso irrestrito à internet e à tecnologia de modo geral.

Por isso, é preciso que você conheça muito bem seu público-alvo, afinal, o sucesso de uma loja virtual depende justamente de gerar tráfego para a página, atraindo as pessoas certas, do jeito certo e na hora certa, para que a venda aconteça.

Um passo bacana para garantir isso, é aprofundar seu público no conceito de persona, algo que vai muito além de definir apenas faixa etária e poder aquisitivo do seu cliente ideal.

O mesmo vale para qualquer segmento ou modelo de negócios, como uma empresa de treinamentos profissionais, que pode encontrar a sua persona perguntando-se o seguinte:

  • Onde meu cliente ideal está?
  • Quais redes sociais ele mais utiliza?
  • Como ele consome novidades e notícias?
  • Ele curte filmes, séries e música?
  • O que ele adora que uma marca faça por ele?
  • O que ele odeia que uma empresa faça?

Enfim, com perguntas assim é possível entender a fundo as expectativas das pessoas que você pretende que encontrem sua loja online, se engajem e comprem de você.

Ademais, ao definir essa persona e criar dois ou três perfis com base nela, cada ação que seu e-commerce fizer se tornará muito mais assertiva.

Lembrando que isso também vai ajudar no atendimento e suporte ao cliente, que é um aspecto fundamental para o sucesso de qualquer e-commerce.

2. As formas de pagamento

Também citamos, de passagem, como a personalização de produtos e serviços é algo fundamental que precisa ser compreendido. 

Aprofundando esse ponto, é preciso dizer que ele começa em pontos básicos, como formas de pagamento e envio.

No caso do pagamento, certamente você não vai querer que o cliente passe por todas as fases do funil de vendas e depois de decidir comprar de você, se depare com um problema que impeça a venda de continuar.

Porém, muitos sites mal estruturados acabam caindo nesse problema. Um modo de evitar isso é variar nas opções disponíveis, indo muito além de uma ou duas bandeiras de cartão de crédito.

Se o valor agregado é alto, como venda de divisórias para escritório, é ainda mais importante oferecer opções como boleto, débito em conta e até mesmo faturamento.

Afinal, seu comprador tem um perfil corporativo, e certamente se mostrará mais exigente. 

Nos demais casos, a agilidade também pode contribuir. Tanto que hoje já se fala em “Compre apenas com um clique”.

3. Como está o despacho?

Se as formas de pagamento são importantes para não perder a venda, as formas de envio são fundamentais para não perder o cliente, já que ele só vai voltar se tiver uma experiência positiva do começo ao fim.

Para que sua loja online chegue à excelência de uma estratégia como a do “same day”, que faz a entrega no mesmo dia, é preciso voltar-se primeiro para o estoque, a logística e as equipes internas de modo geral.

Assim, no caso de manufatura, como quem faz móveis para escritório planejado, é fundamental ter um excedente de produção, para que a venda ocorra em relação a um item já pronto e disponível.

No caso de revenda, é preciso acumular e fazer um controle rígido de reposição. 

Quem pode ajudar nisso são softwares, programas e aplicativos, como os famosos ERP (Enterprise Resource Planning ou Planejamento dos Recursos da Empresa).

4. Estratégias digitais

Por fim, você não pode se esquecer de que está na internet, então ali as regras próprias precisam ser levadas em conta.

É o caso do layout e da usabilidade da sua plataforma, que deve promover um acesso fácil, agradável, intuitivo e ágil, sem demora para carregar as páginas. 

Também é preciso ter responsividade, para abrir bem nos smartphones e dispositivos mobiles.

Outro ponto é o SEO (Search Engine Optimization), que faz a Otimização de Páginas para Motores de Busca. 

Assim, quando o cliente em potencial procura por algo como empresa de motoboy para delivery, ele encontra seu site bem ranqueado.

Outra maneira de acelerar seu crescimento e contar com um tráfego cada vez maior, o que multiplica suas chances de vender, é investir em Link Patrocinado. 

Assim sua loja online paga para aparecer com destaque, logo no topo das primeiras páginas.

Considerações finais

Resumindo, o e-commerce tem crescido a cada dia que passa, mas para conseguir ter uma loja online de sucesso é preciso levar algumas informações e dicas em conta.

Com os conceitos e as 4 melhores estratégias que indicamos acima, vai ficar bem mais fácil e até mais seguro implementar os recursos certos, caminhando na direção correta.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.