Marketing para startup: passo a passo de como trabalhar

O marketing para startup é considerado fundamental para que a empresa sobreviva e possa crescer em seu mercado de atuação. Isso é ainda mais evidente quando nos lembramos do quanto a disputa entre as companhias é acirrada.

As estratégias ajudam o negócio a ter um bom posicionamento de marca, atrair uma quantidade maior de clientes e atingir seus objetivos.

A principal característica de uma startup é o fato de que este é um modelo de negócio inovador, por isso, é essencial investir em estratégias de marketing de maneira planejada e técnica.

É dessa forma que o gestor obtém influências positivas e resultados ainda melhores. Isso também acontece porque as estratégias de marketing direcionam as ações do negócio no mercado em que atua.

Ele estará mais preparado para atender seu público-alvo, o que garante clientes mais satisfeitos e fiéis. Também não podemos nos esquecer do fato de que as estratégias de marketing são muito importantes para atrair investidores.

Para entender um pouco mais sobre tudo isso, vamos mostrar como desenvolver marketing para startup, falar um pouco sobre a importância desse recurso e mostrar as principais estratégias para esse tipo de negócio. Confira!

Como elaborar um plano de marketing para startup

O marketing é essencial para qualquer tipo de empresa, mas para uma startup ele é essencial para posicionar a marca de maneira estratégica e desenvolver soluções que atendam melhor o público.

Do mesmo modo, suas ações são fundamentais para a sobrevivência e o crescimento do negócio, assim sendo, para elaborar um plano de marketing é necessário:

Conhecer o seu mercado

Um escritório especializado em arquitetura corporativa possui um mercado diferente de uma loja de roupas, por exemplo. Se uma startup quer ações de marketing eficazes, precisa fazer uma análise sistemática de seu mercado.

É necessário conhecer os concorrentes, seus pontos fortes e fracos e quais são as tendências desse segmento.

É dessa forma que a empresa tem as informações necessárias para elaborar suas estratégias e o que deve fazer para se destacar.

Mais do que isso, a análise de mercado reduz os custos, uma vez que o gestor tem uma visão clara de seus diferenciais.

Saber quem é o seu público-alvo

É fundamental conhecer seu público-alvo, principalmente no que diz respeito às suas características e comportamentos. Com essas informações, a empresa consegue melhorar seus produtos e serviços e atender as expectativas dos clientes.

Isso ajuda a fidelizar o público, traz uma abordagem criativa e ideias inovadoras para melhorar o posicionamento da marca.

Criar uma persona

A persona influencia em tudo dentro de uma startup, desde a locação de espaços comerciais até a definição das estratégias de marketing.

Trata se de um perfil semifictício que representa o cliente ideal da companhia, reunindo todas as características em comum entre os clientes, como:

  • Idade;
  • Gênero;
  • Profissão;
  • Necessidades;
  • Preferências;
  • Comportamentos.

Com essas informações, torna-se mais simples fazer o planejamento das estratégias de marketing e fazer uso de ações efetivas.

Definir metas e objetivos

Se a empresa já sabe quem é seu público-alvo e sua persona, então pode determinar metas e objetivos para impactar essas pessoas, em curto, médio e longo prazo.

Tanto as metas quanto os objetivos devem estar dentro da realidade do negócio, caso contrário, podem desmotivar a equipe.

Considere as características da sua persona e do seu mercado para agir de maneira precisa. As metas vão mostrar o caminho que a startup precisa seguir para alcançar seus objetivos.

Apostar no marketing digital

O marketing digital se tornou o principal meio de divulgação de marcas, produtos e serviços, e sendo uma startup um modelo de negócio inovador, é fundamental que ela se estabeleça na internet.

As pessoas passam cada vez mais tempo conectadas por meio de smartphones e computadores, portanto, se quiser se comunicar com elas, precisa estar entre os canais digitais.

Inclusive, o marketing digital possibilita que uma empresa especializada em divisórias cresça de modo rápido e constante, mas desde que seja colocado em prática do jeito certo.

A importância de investir em marketing digital

Hoje em dia, ter uma boa presença digital é fundamental para qualquer empresa, principalmente para uma startup que tem como proposta apresentar um negócio diferente e moderno.

A internet faz parte do nosso dia a dia, tanto que já existem mais de 4 bilhões de pessoas conectadas no mundo todo, e cerca de 3 bilhões acessam os canais digitais diariamente.

Por essa razão, é fundamental estar presente nessas plataformas, caso queira ter contato frequente com o público.

Outra informação interessante, de acordo com uma pesquisa da área, é que 56% das pessoas utilizam as redes sociais para buscar informações e compartilhar experiências com marcas de produtos.

Isso quer dizer que essas plataformas influenciam diretamente a decisão de compra do consumidor moderno.

Além disso, quando uma pessoa deseja adquirir qualquer tipo de produto ou serviço, como aluguel de impressora, procura todas as informações que precisa no Google.

Nesse contexto, é fundamental pensar em estratégias para todos os canais digitais, como redes sociais, sites de busca, anúncios, site institucional, blog, e assim por diante.

Tudo isso faz com que o marketing digital seja imprescindível para o crescimento da startup e para mantê-la ativa e sustentável.

É necessário ir muito além da criação de um site e esperar os resultados aparecerem, visto que a estrutura das ações depende de um bom planejamento e de boas estratégias, que ficarão claras no próximo tópico.

Melhores estratégias de marketing digital para startups

Para ir longe, uma startup precisa investir nas melhores estratégias de marketing digital para esse modelo de negócio, e dentre as principais estão:

1 – Investir em marketing de conteúdo

Uma empresa de consultoria de engenharia precisa trabalhar o marketing de conteúdo para atrair seus potenciais clientes.

Com base nas informações levantadas em relação ao público-alvo e com a elaboração da persona, a organização vai definir os assuntos de interesse para essas pessoas.

A criação de conteúdo relevante ajuda a melhorar o posicionamento da marca, conquistar mais engajamento e criar autoridade para a startup.

De acordo com uma pesquisa do setor, cerca de 85,6% das empresas disseram que a criação de conteúdo é essencial para que uma empresa consiga lidar com a retomada da economia.

Em outras palavras, organizações dos mais variados segmentos, como uma fabricante de embalagens personalizadas, acreditam que a criação de conteúdo de valor é essencial para fazer o negócio crescer, mesmo em períodos de crise.

2 – Trabalhar com e-mail marketing

Alguns gestores e empreendedores acreditam que o e-mail não é mais uma boa ferramenta de comunicação, tendo em vista o crescimento constante das redes sociais, mas isso não é verdade.

O e-mail continua sendo muito útil por ser uma forma de contato direta e pessoal, feita somente com pessoas que realmente se interessam pela sua companhia.

A companhia não vai entrar em contato com as pessoas do nada, mas sim, com aquelas que demonstraram interesse previamente, preenchendo um formulário de contato no site, por exemplo.

Um fabricante de canecas personalizadas pode criar uma landing page para capturar os e-mails, oferecendo em troca materiais gratuitos ou a assinatura de uma newsletter.O e-mail marketing também é utilizado, entre outras possibilidades:

  • Confirmar pedidos;
  • Pagamentos;
  • Envio da mercadoria;
  • Promoções. 

Logo, para que ele seja ainda mais efetivo, é essencial contar com uma ferramenta de automação.

3 – Estar presente nas redes sociais

As redes sociais precisam estar presentes no planejamento de marketing de qualquer startup, afinal, o público alvo de qualquer negócio utiliza essas plataformas.

As redes sociais são ainda mais relevantes para as empresas que possuem um público mais jovem, entretanto, com o passar do tempo, pessoas cada vez mais velhas utilizam esses canais.

Elas são fundamentais para divulgar os produtos e serviços, gerar autoridade para a marca, melhorar a comunicação com o público e engajar a audiência.

Entretanto, antes de criar o perfil do negócio em todas as redes sociais existentes, uma empresa de guarda móveis deve analisar em quais delas o seu público está presente e mantê-las sempre atualizadas.

A persona é de grande ajuda nesse sentido, e além de mostrar em quais redes sociais a startup deve estar presente, ela também determina a linguagem que deve ser usada e o tipo de conteúdo que deve ser publicado nessas plataformas.

Conclusão

As startups são empresas em franca expansão, mas mesmo com todo o seu potencial, é fundamental que elas invistam em estratégias de marketing digital para alcançar um público cada vez maior.

Existem diferentes estratégias, como vimos ao longo deste artigo, mas todas elas precisam de um bom planejamento e direcionamento.

É dessa forma que a marca vai se estabilizar, crescer e ser cada vez mais sustentável e forte em seu mercado de atuação.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.