Gestão de negócios: o que é e como começar

Abrir um negócio é o sonho para muitos brasileiros. No entanto, para que isso seja possível, investir na gestão de negócios pode ser uma garantia para o sucesso do empreendimento. 

Afinal, por meio deste investimento é possível desempenhar uma função que de fato seja satisfatória.

Isso porque, a abertura de uma empresa está sempre relacionada com uma constante necessidade de solucionamento de problemas, com a demanda de aprimoramento e modernização de processos e com a indispensabilidade de lidar com questões burocráticas.  

Deste modo, além da construção de um plano de negócio que auxilie na abertura da marca, um bom gerenciamento irá fazer com que essa empresa se mantenha no caminho certo para o alcance de objetivos e consiga lidar bem com todos os desafios que aparecerem no caminho. 

Por isso, investir no gerenciamento do seu negócio pode ser o que te diferenciará dos demais concorrentes e atrairá mais fregueses.  

O que é a gestão de negócios? 

A gestão de negócio diz respeito a todo o processo administrativo que envolve a coordenação e organização de todas as atividades da empresa. Isso inclui a gestão de marketing e vendas, a coordenação de pessoal, a organização financeira e a logística. 

Desta forma, cabe aos gestores controlar o processo de confecção de produtos, os recursos financeiros da organização, a aquisição de equipamentos e maquinários, o investimento em ações que promovam a inovação do serviço e o atendimento mais aperfeiçoado ao cliente. 

Para que isso seja possível, os diretores da empresa devem ter um olhar mais analítico sobre os processos internos, fazendo com que a tomada de decisão possa englobar todos os aspectos da corporação, trazendo os maiores benefícios para a instituição.  

Assim, é preciso desenvolver a habilidade com planejamento, sistematização de tarefas, direção de pessoal, comunicação clara, controle de recursos, liderança e análise de documentação e resultados.  

O curso gestão de pessoas ead, a faculdade de administração de empresas e as aulas sobre finanças comerciais podem ser ótimas formas de se manter a par dos conhecimentos mais fundamentais para a realização de uma boa gestão.  

Importância de um bom gerenciamento comercial 

De acordo com a pesquisa “Sobrevivência das Empresas no Brasil”, desenvolvida pelo SEBRAE, do total de negócios que declaram falência, aproximadamente 30% apontaram problemas com as vendas e com o alcance de novos clientes. 

E não é para menos. Afinal, ainda que muitos empresários estejam cientes sobre a importância de um planejamento comercial prévio, estima-se que apenas 51% dos idealizadores dos negócios ativos investem no aperfeiçoamento da gestão. 

No entanto, a negligência com a aquisição de novos conhecimentos sobre o tema – que podem ser acessados por meio de um curso de gestão comercial ead – e a administração inadequada dos processos operacionais, são capazes de provocar efeitos muito danosos. 

Entre os principais efeitos da falta de um bom gerenciamento de negócios, os empresários têm a maior probabilidade de experienciar: 

  • Aumento na insatisfação com o atendimento ou produto; 
  • Perda de vendas importantes; 
  • Atrasos na entrega de produtos e serviços; 
  • Aumento no custo das ações operacionais; 
  • Redução da produtividade; 
  • Precificação inadequada; 
  • Dificuldade com a retenção de talentos, entre outros. 

Em conjunto com todos esses efeitos que ameaçam diretamente a sobrevivência da instituição, a falta de planejamento e gestão pode manchar a reputação da marca e interferir na forma com que é feito o posicionamento da sua empresa no mercado.  

Por isso, é crucial manter-se atualizado com as práticas gerenciais mais modernas e com as ferramentas que são capazes de tornar esse trabalho mais satisfatório e eficiente.  

Como realizar uma boa gestão de negócios 

A administração de uma empresa pode ser feita pelos donos e desenvolvedores do projeto ou por funcionários especializados nessa área, que são contratados especialmente para manter todas as operações sob controle. 

No entanto, independente da origem do responsável pela gestão de negócios, essa pessoa precisa saber como ser um bom administrador de recursos e pessoas, ter boas qualidades de liderança e ter facilidade na comunicação interpessoal.  

Além disso, é fundamental identificar formas de melhorar a qualidade dos serviços e fazer com que as empresas – independentemente do tamanho ou do nicho – sejam capazes de ter um crescimento sustentável, tornando- se mais competitivas e rentáveis. 

Para isso é importante se atentar a ações estratégicas, como: 

  1. Faça um planejamento 

Uma boa administração empresarial deve sempre começar com a construção de um planejamento que ajude a guiar o negócio e facilite na tomada de decisões. 

Essa medida é fundamental em todos os nichos e pode ser aprendida, inclusive, no mba em gestão hospitalar ead

Um plano de negócio bem estruturado é capaz de tornar o serviço mais eficiente, melhorar a organização dos processos internos, motivar a equipe e guiar a instituição cada vez mais próximo dos seus objetivos principais.  

Por isso, os empresários e gestores devem se atentar sempre com a formulação de um: 

  • Planejamento estratégico; 
  • Planejamento tático; 
  • Plano operacional; 
  • Planejamento financeiro; 
  • Planejamento de marketing. 

E além dessa construção de estratégias de organização comercial, também é fundamental saber como e quando aplicar esses projetos em prática. 

Isso pode ser feito por meio da definição de metas, criação da cultura organizacional, definição de ações e monitoramento de resultados.  

  1. Conheça os seus clientes 

Os consumidores são hoje o centro de todas as empresas. E isso se dá porque a qualidade da experiência de compra proporcionada é determinante para a efetivação da conversão de novos leads e para a fidelização dos clientes.  

Desta forma, conhecer os clientes faz com que o gestor seja capaz de conduzir os colaboradores a realização de um atendimento mais otimizado, a investir na produção de produtos ou serviços que atendam às necessidades e expectativas dessas pessoas. 

O que, consequentemente, aumenta o nível de satisfação de seus clientes e as chances deles arrumarem o seu produto ou serviço mais de uma vez.  

Para isso é necessário realizar a coleta de informações cruciais como gênero, idade, local de residência, média salarial, canais de atendimento preferidos, tipos de produtos mais consumidos, entre outros. 

Esses dados podem ser coletados por meio de questionários, análise de rede social, formulários de pesquisa etc. 

  1. Faça o estudo de mercado 

Um curso de gestão de recursos humanos presencial é capaz de tornar os profissionais aptos para o desenvolvimento de um estudo de mercado completo e eficiente, fazendo com que os empresários tenham mais clareza sobre a composição do meio de atuação. 

Esse estudo prévio possibilita uma análise sobre a concorrência, a disponibilização do serviço na região da empresa, uma comparação de preços de produtos, a qualidade do trabalho oferecido pelas competidoras, a forma com que o atendimento é feito, entre outros.  

Todos esses conhecimentos acerca do mercado, permitem a definição de um perfil do cliente ideal para as suas vendas, a construção de planejamentos de melhoria para o seu negócio e o desenvolvimento de produtos inovadores e úteis para o setor. 

  1. Administre as finanças da empresa 

A administração inadequada dos recursos financeiros é uma das principais razões para que cerca de 60% dos negócios declarem falência em menos de cinco anos de atuação, no Brasil. 

Por isso, o investimento na aquisição de conhecimentos aprofundados sobre esse tipo de controle monetário ou a contratação de um funcionário formado na melhor faculdade de gestão financeira, é crucial para manter um controle sobre a economia da instituição.

Afinal, é muito importante que a pessoa responsável pela gestão saiba separar os gastos pessoais dos investidores dos gastos empresariais, evitar o uso do cheque especial, controlar as despesas, reduzir os custos de produção, realizar bons investimentos etc.  

  1. Forme uma equipe eficiente 

A contratação de uma equipe especializada e competente é uma parte muito importante para um bom gerenciamento comercial. 

Isso porque, a montagem de um grupo de trabalho qualificado é capaz de melhorar o rendimento, o alcance de resultados e as vantagens competitivas. 

Por isso, é muito importante se certificar da formação que esses trabalhadores têm na área de atuação, como um diploma na faculdade de vendas, e o nível de experiência que os candidatos tiveram em empregos passados.  

Esse aumento no nível de conhecimento técnico garantirá uma assertividade maior nas tarefas realizadas, a redução das falhas nos processos, a maior eficiência do trabalho em grupo e a construção de um ambiente organizacional mais satisfatório e inspirador.  

Em alguns casos, saber quando investir em um benefício que incentive a educação formal dos funcionários, como uma bolsa de estudos que cubra parte ou todo o curso de faculdade de vendas online, também pode trazer vantagens para a empresa. 

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog It Business Fórum, site voltado para a veiculação de conteúdos relevantes sobre negócios, startups e estratégias para pequenas, médias e grandes empresas. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.