9 estratégias para tirar o seu negócio do papel

ttirar seu negócio do papel

Hoje em dia o sonho de grande parte da população é tirar seu negócio do papel e se tornar um empreendedor. Muitos imaginam que tirar o seu negócio do papel é complicado, mas na verdade, não é uma tarefa difícil se algumas regras de organização forem seguidas.

O empreendedorismo no Brasil, apesar da crise, ou motivado por ela, não para de crescer. Em 2017, segundo dados, esse número bateu a faixa de 2 milhões de novos empreendedores. Veja os benefícios de empreender:

  • Fazer o que gosta;
  • Trabalhar com o que quer;
  • Ter autonomia;
  • Ter horários flexíveis;
  • Gerar emprego e renda;
  • Aprender com os próprios erros;
  • Deixar um legado.

Porém, a cultura empreendedora nem sempre ajuda a manter o negócio aberto, é preciso investir em estratégias eficazes para sobreviver e alcançar o sucesso.

Conheça 9 estratégias para tirar seu negócio do papel

Empreender exige grande esforço e dedicação. No entanto, algumas dicas,quando seguidas corretamente, poderão trazer resultados e benefícios.

  • Faça uma pesquisa de mercado;
  • Procure proteger a propriedade intelectual;
  • Constitua a empresa;
  • Compreenda o seu cliente;
  • Faça a gestão da marca;
  • Estude o seu concorrente;
  • Tenha uma localização;
  • Consiga fornecedores;
  • Monte o seu plano.

Fazer uma pesquisa de mercado é colher feedbacks, ainda que seja de amigos e familiares. Exponha as suas idéias e quais problemas o seu produto ou serviço resolverá. Seja investigativo.

As vezes é necessário procurar um instituto de pesquisa para isso. Tenha as respostas para saber qual será o seu diferencial, os seus benefícios e o que vai fazer o cliente comprar.

A segunda etapa é procurar um advogado para formalizar a proteção de sua propriedade intelectual para que você não perca sua idéia e esteja seguro.

Faça a escolha sobre LTDA, MEI, S.A, pois é importante constituir a empresa dando total atenção às partes burocráticas do processo. Algumas instituições podem ajudar com pequenas consultorias. 

Um escritório de advocacia que trabalha com direitos tributários também é uma boa opção para resolver essas questões.

Compreender o cliente é crucial para o sucesso do seu negócio. Primeiro defina a sua persona, pesquisando e conhecendo esse cliente. Veja como:

  • Analise todas as informações disponíveis;
  • Tenha um questionário completo;
  • Identifique padrões de segmentação;
  • Discuta os resultados com a equipe;
  • Esteja atento às mudanças.

Esse passo dará uma vantagem competitiva e guiará na busca por resultados de forma concreta.

Fazer a gestão da marca também não pode ser ignorado. Definir o branding não se limita apenas à escolha do nome, aqui você vai definir a identidade da sua ideia.

Entender o seu concorrente vai muito além de observá-lo. Estude-o e veja como ele se comporta. É importante conhecer as suas forças e fraquezas, pois isso vai te ajudar a ter um posicionamento, entrega na experiência do usuário e uma receita melhor.

Definir sua localização é importante para os funcionários. A contratação de uma boa equipe, por mais simples que parece ser, está diretamente ligada à localização.

Sobre os fornecedores, hoje o mercado tem uma porção deles com diferentes níveis de qualidade e custo. Nesse ponto é preciso avaliar a sua necessidade. Contrate o necessário, mas pense no futuro. 

Estabeleça com seus fornecedores uma relação de confiança e trabalhe sobre a ideia de que é uma parceria de anos. Entenda o que eles fazem para empresas do seu setor e escolha bem para não precisar fazer trocas, o que gera custos.

Também não se esqueça de oferecer métodos de pagamentos acessíveis para seus clientes, como a máquininha de cartão, QR Code, Pix, parcelamento, débito em conta ou boleto bancário.

Quanto ao plano de negócios, estruture os processos administrativos e comerciais da empresa, lembrando que eles devem suportar o crescimento. Para isso, responda algumas perguntas:

  • Quanto preciso investir?
  • Qual é o ponto de equilíbrio da empresa?
  • Qual o tempo de retorno do investimento?
  • Qual o fluxo de caixa?

Montar seu plano de negócios vai ajudá-lo na experiência do cliente interno e externo. 

A forma de pagamento tem impacto no sucesso

Depois que o seu planejamento estiver todo estruturado e pronto para a execução, comece a pensar sobre as formas de recebimento, ponto importantíssimo para qualquer negócio de vendas.

Muitas compras são abandonadas quando a empresa não oferece a opção de pagamento desejada. 

Oferecer máquina de cartão é o meio de pagamento mais usado. Isso porque, desde que todos os portes da empresa puderam adotar a ferramenta, o uso de cartão cresceu significativamente.

Embora hoje existam diversos e inovadores meios de pagamentos, esse continua sendo o veículo tradicional nas transações. O que tem um impacto direto na experiência do cliente.

Conheça alguns benefícios que a máquina fornece:

  • Aumento das vendas;
  • Garantia de recebimento;
  • Maior controle dos negócios;
  • Mais segurança;
  • Evita problemas com troco;
  • Reter mais clientes.

No Brasil, o uso de cartão de crédito ultrapassou a meta de 70% dos meios de pagamentos utilizados. 

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog It Business Fórum, site voltado para a veiculação de conteúdos relevantes sobre negócios, startups e estratégias para pequenas, médias e grandes empresas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.