Mercado de seguros: entenda mais sobre esse tema

O mercado de seguros está em plena expansão, e de acordo com uma pesquisa realizada, conseguiu arrecadar um valor estimado em pouco mais de R $270 milhões, um aumento de 12,1% em comparação com os anos anteriores.

No ano de 2020, entretanto, esse setor sofreu uma queda, assim como muitos outros, de acordo com várias pesquisas realizadas. 

Isso se deve, principalmente, às mudanças no comportamento de consumo das pessoas.

O consumidor moderno passou a adquirir diferentes produtos e serviços por meio da internet, o que levou o mercado de seguros a evoluir e inovar suas estratégias.

Muitas empresas do setor passaram a funcionar 100% online, o que ajudou a manter a cartela de clientes e a atrair novos consumidores, mesmo diante de um mercado extremamente competitivo.

Esse segmento é importante por diversas razões, principalmente, porque ajuda a facilitar os investimentos estratégicos. 

Tanto para os clientes quanto para quem quer investir, é fundamental conhecer um pouco mais sobre esse assunto.

Portanto, se está em dúvidas em relação a isso, vamos explicar qual é a importância do mercado de seguros, seu conceito, características e quais são os benefícios. 

Relevância do mercado de seguros

O mercado de seguros facilita os investimentos estratégicos, tendo em vista que o capital fixo em formação é muito importante para crescer financeiramente, apesar de ser acompanhado de alguns riscos.

Precisamos ter em mente que a incerteza e o risco são características das atividades econômicas, portanto, o gerenciamento de recursos visa diminuir os impactos negativos.

Quando uma empresa de bloco de anotações atacado investe no mercado de seguros, consegue garantir os financiamentos de seus investimentos, pois tendo seguro, os agentes financeiros não assumem os riscos.

Em diferentes segmentos, esse mercado também é importante para outras situações, como a proteção à saúde. 

A seguradoras de saúde podem registrar vários segurados, garantindo que eles tenham acesso a vários serviços médicos, como:

  • Consultas;
  • Exames;
  • Internações;
  • Tratamentos;
  • Acompanhamento.

O contribuinte, para pagar um valor fixo todos os meses, tem acesso a todos esses serviços, ao passo em que a seguradora garante mais saúde e qualidade de vida.

O mercado de seguros também é importante para assegurar reposição de renda há várias famílias, o que ressalta o aspecto social desse setor.

Por fim, ele garante o patrimônio, protegendo diversos tipos de bens, como imóveis e veículos. 

Em outras palavras, a indústria de seguros é fundamental para a tranquilidade no dia a dia e contribui para o crescimento económico.

Para entender ainda mais a importância desse setor, vamos falar um pouco sobre o seu conceito e suas características.

O que é o mercado de seguros?

O mercado de seguros é um setor que tem o papel de mitigar os riscos do setor produtivo e das famílias, a fim de estabilizar a renda, incentivar a geração de poupança e orientar quanto aos investimentos.

As empresas seguradoras podem ser contratadas por pessoas e organizações, como no caso de um profissional de arquitetura que elabora um escritório planejado.

Uma das principais características desse setor é o alto nível de concentração que começou a acontecer a partir dos anos 1970, com base na política governamental da época.

Desde que foi implantado o Plano Real, em junho de 1994, iniciou-se um processo de desconcentração empresarial. 

Todavia, com uma forte entrada de grupos estrangeiros no setor, essa tendência deve se manter.

Outra característica é que sempre houve uma pequena participação dos ramos de vida, principalmente quando comparamos com a previdência privada, além de outros elementos básicos, como seguro de automóvel e contra incêndios.

Outro traço predominante é a presença de instituições financeiras no mercado segurador. 

Antigamente, os bancos brasileiros se limitavam à cobrança dos seguros, mas a partir dos anos 1970, começaram a expandir suas atividades.

A tendência é que as pessoas e as empresas, como um fabricante de carimbo grande personalizado, tenham mais opções de empresas prestadoras desse tipo de serviço.

Propensões do mercado de seguros

Devido às evoluções tecnológicas e mudanças no mercado, algumas tendências vão mudar a maneira como o setor de seguros atua. 

Mudança no papel dos corretores

Os corretores continuam sendo profissionais fundamentais, principalmente pelo fato de transmitirem confiança aos clientes. 

Entretanto, a tendência é que assumam uma atuação consultiva, com o objetivo de encontrar os produtos mais adequados para as pessoas.

A tecnologia entra como uma aliada nesse processo, otimizando as etapas, garantindo mais eficiência, reduzindo a burocracia e melhorando a experiência dos consumidores.

Uma empresa de serviço de transporte de resíduos poderá contar com um setor mais forte e que desempenhe um papel tanto analógico quanto digital.

Os corretores estarão mais presentes em canais com as redes sociais, utilizando diferentes tipos de mídia para atrair os consumidores.

Digitalização dos processos

Estamos diante de um cenário em constante mudança, por conta disso, as organizações enxergaram as vantagens das soluções tecnológicas, que ajudam a reduzir a burocracia e melhorar a experiência do cliente.

As soluções oferecidas pelo mercado de seguros serão mais proativas e podem se antecipar aos desejos do consumidor.

Novos produtos no mercado

Também devido à transformação digital, as empresas seguradoras puderam lançar novos produtos, como a telemedicina e os seguros intermitentes, em que o consumidor só paga no momento em que estiver precisando do serviço.

Uma empresa de consultoria administrativa e financeira poderá contratar os serviços de uma seguradora pela internet, de maneira prática e segura.

Muitas organizações do setor vão investir em inteligência artificial ao validar os sinistros e para o pagamento das indenizações, o que garante um processo muito mais rápido e eficiente.

Essas ferramentas tornam o futuro do mercado de seguros mais promissor, garantindo a transformação digital de todos os processos de trabalho das empresas seguradoras.

Os recursos tecnológicos trazem muitas vantagens para as operações, facilitando a contratação dos serviços, tornando-os mais flexíveis e democráticos.

Vantagens de trabalhar no mercado de seguros

Existem muitas vantagens em trabalhar no mercado de seguros, uma delas é que ele contribui para o desenvolvimento da economia e da própria sociedade.

A seguradora contratada por uma empresa de escritórios compartilhados é vantajosa pela natureza dos serviços proporcionados, para oferecer serviços variados, por empregar trabalhadores e por possuir uma ampla rede de distribuição.

Outra vantagem é que o profissional dessa área proporciona serviços de grande valor. Não é fácil estabelecer a participação do mercado de seguros na economia nacional, entretanto, ele aumenta consideravelmente a proteção da sociedade.

Mesmo assim, não podemos negar que esse mercado está em forte crescimento, é isso se deve à expectativa da recuperação da economia, que impulsiona aquisição de novos bens e investimentos.

O retorno financeiro também pesa a favor do corretor, independentemente do tipo de seguro oferecido por ele. 

No entanto, o seguro veicular é o que mais se destaca no Brasil, tendo em vista a incidência de roubos de carros e motocicletas.

Não apenas as pessoas, mas também empresas de diversos setores, como as especializadas em treinamentos profissionais, contratam os seguros para proteger suas propriedades.

Atuar nesse mercado também é uma possibilidade de ganhos ilimitados, visto que não possui um teto, mas o corretor precisa ter boas habilidades de negociação e argumentação para vender esse serviço.

A quantidade de seguros vendidos depende muito da cartela de clientes, da disponibilidade do corretor para o trabalho e dos gatilhos mentais utilizados por ele.

Com o avanço da tecnologia, esse profissional também tem mais flexibilidade de horários e local de trabalho. 

Boa parte das empresas adotaram o home office como um formato definitivo, assim sendo, é possível que o corretor escolha o melhor horário.

Assim como no caso de uma loja de divisórias para escritório, vale mais a pena trabalhar em horário comercial, mas não podemos esquecer de que existem pessoas que não têm disponibilidade para fazer negociação durante o dia.

O corretor pode, então, optar por um horário diferenciado, para que possa atender um público mais restrito, mas que também precise contratar esse serviço.

Além disso, atuar como corretor de seguros pode ser uma maneira de aprender a empreender. Existem profissionais com curso superior, mas isso não é um requisito obrigatório.

A partir disso, ele pode gerir seus próprios horários para se relacionar melhor com os seus clientes e captar o interesse dos consumidores.

Conclusão

Portanto, o mercado de seguros continua crescendo, mesmo diante de tantas crises econômicas que afetam o Brasil e o mundo. As pessoas precisam dele para proteger seus bens e investimentos.

Como vimos ao longo deste artigo, com a ajuda de recursos tecnológicos variados, as empresas desse segmento podem facilitar o oferecimento de seus serviços e aumentar consideravelmente seus rendimentos.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Marcações:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.