4 vantagens de contratar um social media

As redes sociais ganham cada vez mais espaço no dia a dia da população. Hoje, plataformas que surgiram com a proposta de comunicação incluem ferramentas comerciais e financeiras. Por isso, o social media se torna uma profissão inevitável.

O termo é usado para designar os profissionais especializados nas redes sociais, capaz de compreender a dinâmica desses sites e utilizá-la a seu favor em estratégias de marketing. Nas empresas, ele é quem gere toda a atividade nos perfis oficiais.

As redes sociais surgiram junto com as ferramentas mais antigas de indexação e busca por conteúdo na web, com os fóruns como seus ancestrais. Essas plataformas reuniam perfis simples e múltiplos usuários, que discutiam sobre determinado tema. 

Após a era dos fóruns, no meio dos anos 2000, nascem modelos mais sofisticados de rede social, com mais funcionalidades, um design mais agradável e maior suporte a imagens e vídeos. Nesse contexto, o foco dessas plataformas era o uso desktop

O nascimento do smartphone transformou o modo como o usuário se relaciona com as redes sociais. O que antes era um link a ser digitado na barra do navegador, tornou-se um aplicativo acessível com um toque. A tela horizontal foi substituída pela tela vertical. 

Diante da possibilidade de estar conectado a qualquer momento, em qualquer lugar, as redes sociais assumiram o status de extensão da realidade para seus usuários, multiplicando as oportunidades de atuação das empresas. 

Atualmente, é impossível conceber o comércio online sem considerar a presença das organizações nas redes sociais. 

Todo um segmento de marketing adaptou-se às ferramentas digitais, tags adesivas, como sites e motores de busca. Assim o é com essas plataformas. 

Para aqueles que observam de fora, o trabalho do social media parece simples, insuficiente para a criação de uma profissão específica. No entanto, o exercício desse especialista envolve um grande know-how em pesquisa de mercado. 

Nesse artigo, o leitor é convidado a analisar as funções de um social media e porque ele é tão importante para o sucesso das empresas no mercado digital. 

Atribuições de um social media

Um social media gerencia todas as publicações e interações realizadas nas redes sociais da marca, mas isso é apenas uma parte de seu trabalho. Por trás disso, há uma grande mobilização em termos de pesquisa e criação de conteúdo. 

Uma empresa especializada em divisórias pode escolher duas ou mais redes para posicionar-se no mercado. Esse processo de escolha representa uma fase inicial do social media, onde é medido o impacto que essa entrada pode gerar no cliente. 

O social media, antes de tudo, vai pesar as características de cada plataforma, a fim de definir a abordagem acertada por meio do estudo de sua dinâmica, ou seja, o modo de interação estimulado pelas regras da rede social, tais como: 

  • Número máximo de caracteres permitidos por publicação; 
  • Presença ou foco em imagens ou vídeos; 
  • Permissão ou proibição de anonimato na plataforma; 
  • Aparência de comentários ou reações por postagem. 

Esses fatores impactam a maneira como as pessoas se comunicam dentro da plataforma, a frequência de publicações e o potencial de engajamento em cada postagem. A partir da análise da dinâmica, o social media pode decidir qual estratégia traçar. 

O posicionamento da empresa nas redes sociais também depende do tipo de consumidor a quem deseja atrair, seja em propostas B2B ou B2C. Critérios demográficos como idade, sexo e renda modificam os padrões de uso do indivíduo diante das redes sociais. 

Uma loja online que vende mesas corporativas, por exemplo, possui um tipo de consumidor completamente distinto de uma loja que vende móveis modulares para uso residencial. A pesquisa de público parte do princípio das necessidades como força motriz. 

Unindo o trabalho de pesquisa da rede social e pesquisas de mercado e do consumidor, o social media deve traduzir esses dados em ações reais, além de montar equipes qualificadas que reúnam segmentos da produção de conteúdo, como: 

Design gráfico

Os profissionais de design gráfico são indispensáveis no trabalho de social media, uma vez que a maior parte das redes sociais dão grande ênfase às imagens e vídeos na produção de conteúdo, assumindo, em muitos casos, uma posição principal. 

Através do design gráfico, questões como identidade da marca podem ser calibradas, visto que esse profissional é especializado em construir peças harmoniosas para a visão do público, o que inclui trabalhos de tipografia, diagramação e estética das cores. 

O trabalho do designer é semelhante à arquitetura corporativa, ao transformar proposta subjetiva em uma estrutura que concilia funcionalidade e beleza. Por isso, a inclusão desta área na gestão de mídias sociais é tão importante. 

Redação publicitária

A redação publicitária é um segmento importante no marketing digital, responsável pela criação de peças de texto, usualmente sob a forma de artigos, que combinem fornecimento de informações à eloquência persuasiva em uma impressão de materiais gráficos.

Para as redes sociais, o setor se ramificou em variações que contemplam textos curtos, como o copywriting. Escolher o modelo ideal de texto para cada rede social, além da escolha de palavras e do estilo dependem de uma análise de UX/UI. 

Tais siglas indicam, de maneira resumida, User Experience, ou experiência do usuário, em português. Trata de uma série de técnicas que trabalham a harmonia das publicações em relação à disposição de elementos de página ou do aplicativo. 

Cuidar da experiência do usuário é garantir uma percepção mais positiva da marca, a partir do contato com conteúdo que seja agradável ao leitor. O social media deve ser capaz de analisar a qualidade de uma peça de texto nos seguintes critérios: 

  • Potencial de engajamento e sucintez do título; 
  • Ritmo presente no texto; 
  • Relação entre informações organizadas; 
  • Nível de dificuldade de leitura; 
  • Tempo de leitura de cada texto. 

Portanto, a redação é outra habilidade importante do social media, ainda que ele invista em profissionais especializados na produção textual para sua equipe, uma vez que é ele quem coordena todas as atividades. 

Análise de mercado

Já discutida, a análise de mercado é um ponto fundamental para o trabalho de social media e, por isso, deve ser o aspecto central da formação desse profissional. A análise de mercado pode ser realizada por meio de benchmarks e pesquisas de interesse. 

Os benchmarks são métodos que coletam informações sobre empresas concorrentes e analisam seu desempenho por muitos pontos de vista: financeiro, na locação de espaços comerciais, de vendas, da prospecção e do engajamento nas mídias sociais. 

Esse último aspecto merece maior atenção para quem planeja uma estratégia de posicionamento nas redes sociais. O social media pode analisar os perfis de concorrentes bem-sucedidos, a fim de dados, como: 

  • Percentual de engajamento em postagens, baseado em seguidores; 
  • Frequência média de comentários nas publicações. 
  • Frequência diária de postagens;
  • Veículo de comunicação favorito: texto, imagem, vídeo. 

Todas essas informações também conferem um maior entendimento sobre o estilo de usuário que o empreendimento, por meio de um social media, pretende alcançar. Unir esses dados com pesquisas de interesse do público viabilizam uma estratégia eficaz. 

Benefícios na inclusão de um social media

Considerando todos os pontos elencados, é evidente a importância desse profissional em estratégias de marketing voltadas para as redes sociais. Abaixo, são sintetizados alguns motivos para contratar um social media para seu negócio. 

1 – Consistência na comunicação

Comunicar-se de maneira consistente é essencial para qualquer empresa que deseja estabelecer um relacionamento com o cliente. Isso inclui a publicação constante de conteúdo para a web, em um estilo compatível com a proposta da marca. 

Considerando que gestores e líderes estão ocupados com as funções que lhes cabem, investir em um social media é um modo de garantir uma infraestrutura sólida, como no aluguel de impressora, um profissional que tratará exclusivamente da questão. 

2 – Acabamento profissional de imagens e texto

O social media é um especialista na produção de conteúdo para esse tipo de plataforma. 

Como tal, o acabamento do que posta é profissional, atraindo um engajamento maior para cada publicação e tornando a abordagem mais bem-sucedida. 

3 – Maior suporte ao cliente

Além de publicar, o social media é responsável por responder comentários nas publicações da plataforma, mensagens privadas e reagir a compartilhamentos. Assim, parte da solução de dúvidas mais básicas são solucionadas por intermédio dele.

Para o cliente, isso torna aquele perfil útil para toda situação que deseje se comunicar com a marca usando embalagens personalizadas. Em questões mais sérias, o social media pode encaminhar queixas e solicitações a outros departamentos, agilizando o atendimento. 

4 – Segmentação mais efetiva

As redes sociais são plataformas excelentes para a segmentação de público, uma vez que sua dinâmica direciona o usuário nessa direção, um fenômeno chamado de bolhas. 

Para empresas, é uma chance de pesquisas de mercado mais profundas para a criação ou correção de suas estratégias. 

Conclusão

Um social media é a profissão do presente, com grandes possibilidades de consolidação no futuro, quando a população adulta estiver mais concentrada nas gerações mais jovens. O avanço da tecnologia digital desencadeia esse e muitos outros novos ofícios. 

Investir nessa especialidade é de extrema importância para as empresas que desejam se posicionar na internet, enriquecendo seus canais de comunicação com maior qualidade. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.