Redes Sociais: confira suas características para saber em qual investir

As redes sociais são plataformas que fazem parte do dia a dia das pessoas e das empresas. Inicialmente, elas foram criadas para promover a interação entre os usuários, mas hoje são indispensáveis para as estratégias de marketing digital.

Isso acontece porque elas se tornaram um grande sucesso e fazem parte do cotidiano dos usuários, que costumam compartilhar sua rotina, interagir com pessoas e marcas, dentre outras possibilidades.

Por meio das estratégias do marketing digital, as organizações são capazes de otimizar seus recursos e obter ótimos resultados nessas plataformas.

Elas ajudam a alcançar um público maior, atrair novos consumidores e gerar autoridade para a marca. Também favorece o atendimento ao cliente, já que é possível conversar com os seguidores nesses canais.

Ou seja, não faltam razões para investir nas redes sociais, mas antes de fazer isso, é fundamental conhecer um pouco mais sobre elas.

As empresas que estão começando agora podem ter um pouco de receio, mas para te ajudar nesse sentido, trazemos algumas informações importantes.

Vamos explicar por que as organizações devem estar presentes nessas plataformas, quais são as mais utilizadas atualmente e, por fim, qual é a rede social mais indicada. Confira!

Por que as empresas devem estar nas redes sociais?

De acordo com uma pesquisa do MarketingSherpa, cerca de 95% das pessoas entre 18 e 34 anos seguem empresas nas redes sociais, com relação às outras faixas etárias, esse percentual atinge a marca dos 70%.

Mesmo que a pesquisa tenha sido realizada nos Estados Unidos, a mesma situação se aplica ao Brasil, pois 10% do tempo utilizado nas redes sociais vêm de territórios brasileiros, sendo considerado o segundo país que mais acessa essas plataformas.

A partir disso, um escritório de arquitetura corporativa encontra nas redes sociais uma verdadeira ferramenta para conquistar seu público-alvo, compartilhar informações de qualidade e interagir com sua audiência.

O maior diferencial das mídias sociais é que seu foco não está nos anúncios, apesar de ser uma estratégia comum e benéfica para a organização. No entanto, o objetivo é estar presente na vida dos consumidores e interagir com eles.

É claro que a empresa precisa continuar investindo em outras iniciativas, como e-mail marketing e até estratégias offline. Mas a presença nas redes sociais é muito importante porque é possível fazer uma integração entre as mídias.

Essa estratégia vem ganhando força e surge como uma das melhores opções para aumentar o engajamento da audiência nesses canais, e elas trazem muitos benefícios para a sua marca, como:

  • Construção de autoridade;
  • Ampla divulgação;
  • Mensuração dos resultados;
  • Clientes mais engajados e satisfeitos.

No entanto, antes de escolher sua rede social, uma empresa de locação de espaços comerciais precisa conhecer as principais, e é sobre isso que vamos falar no próximo tópico.

Principais redes sociais para os negócios

O universo corporativo encontra nas redes sociais um meio de apresentar os negócios para o mercado, se tornar uma referência em seu meio de atuação, além de contar com um canal de atendimento que ajude a construir o relacionamento com o consumidor.

Mas, antes de fazer o seu perfil, é fundamental conhecer as principais redes sociais, visto que cada uma delas possui suas próprias particularidades, além de um público diferenciado. Nesse sentido, os principais canais desse formato são:

1 – Facebook

O Facebook é a plataforma mais conhecida e possibilita a publicação de conteúdos de diversos tipos, como gifs, imagens, vídeos, lives e textos.

O público pode interagir com as publicações de várias maneiras, além da possibilidade de expressar melhor sua reação. Seu negócio também pode criar eventos, além de que os usuários podem enviar mensagens via Messenger e compartilhar suas postagens.

A plataforma ainda oferece ferramentas que permitem acompanhar a evolução de suas estratégias e informações sobre o público, como número de visitantes, número de pessoas alcançadas, horários de maior interação, dentre outros.

2 – Instagram

Uma empresa especializada em divisórias também pode utilizar o Instagram, e ele se destaca por conta do foco no uso de imagens. Elas são fundamentais para que a empresa possa apresentar seus produtos e serviços e instigar a imaginação do consumidor.

Com isso, a marca consegue estimular o desejo de consumo, desde que divulguem imagens de boa qualidade e saiba combinar os elementos visuais com outros recursos, como as hashtags.

Uma das ferramentas mais utilizadas nesta plataforma são os Stories, em que os usuários podem compartilhar imagens e vídeos que ficam disponíveis por 24 horas. Há ainda uma funcionalidade mais recente que vem ganhando destaque, que são os Reels.

3 – Twitter

A principal característica do Twitter é a possibilidade de apresentar conteúdos de forma sucinta e objetiva, por meio de textos com apenas 280 caracteres.

Uma empresa de aluguel de impressora pode utilizá-lo, mas precisa compreender que o foco dessa rede social é um pouco diferente, já que ela se caracteriza por publicações curtas e que se atualizam o tempo todo.

Isso garante uma comunicação contínua e cria um canal que estabelece um bom relacionamento com o consumidor, em relação a vários assuntos que são debatidos no cotidiano.

Essa plataforma se torna ainda mais eficaz por meio do uso de hashtags que ajudam a manter uma pauta nos Trending Topics, que nada mais é do que um ranking das postagens mais compartilhadas, curtidas e comentadas.

4 – LinkedIn

Essa rede social, por sua vez, é muito conhecida e utilizada por empresas que querem tratar de assuntos corporativos e profissionais.

Seu negócio pode explorar o próprio lado institucional e comercial, além de se posicionar como um atuante ativo de seu setor, tanto em nível nacional quanto internacional.

Muitas companhias utilizam o LinkedIn para entrar em contato com profissionais de diversas áreas, seja para contratação ou parceria.

5 – YouTube

Por fim, um fabricante de embalagens personalizadas pode utilizar o YouTube, sendo este o maior canal de publicação de vídeos da internet.

Ele oferece uma enorme variedade de conteúdos que são criados e publicados por usuários de todo o mundo. Por meio dele, é possível criar conteúdo dinâmico em formato de vídeo, que melhoram o engajamento da audiência.

No LinkedIn, também é possível fazer transmissões ao vivo e publicar campanhas pagas para anunciar sua marca, produtos e serviços.

Mas, qual é a plataforma mais recomendada para uma empresa?

Como vimos, cada uma dessas plataformas possui suas próprias características e finalidades, não sendo possível nomear aquela que é mais indicada para a sua empresa.

No entanto, fazer um perfil em cada uma pode ser um tiro no pé, já que todas elas precisam ser constantemente atualizadas e demandam investimentos. O ideal é estar onde sua audiência está e, para isso, é necessário levar alguns pontos em consideração:

Saiba quem é o seu público

Um fabricante de tags adesivas possui um público diferente de um restaurante, assim sendo, não existem respostas prontas em relação à rede social que você precisa estar presente ou ao tipo de conteúdo que deve publicar.

Você só vai obter essas respostas ao observar sua audiência, pois assim consegue descobrir quem o seu público segue nas redes sociais, os assuntos que eles comentam, a faixa etária, localização, dentre outras informações.

Definir a sua persona

A persona é a representação semifictícia de seu cliente ideal, ou seja, ela reúne características em comum entre todos os seus consumidores em relação à idade, gênero, profissão, objetivos, necessidades, problemas, entre outros.

Assim, para elaborar a sua persona, um fabricante de mesas corporativas pode realizar pesquisas com seus clientes.

Além de obter os dados demográficos e o comportamento de consumo dessas pessoas, é essencial descobrir o tipo de mídia que elas mais utilizam e o porquê.

Por exemplo, um escritório de arquitetura precisa expor seus projetos visualmente, mesmo que seja interessante produzir conteúdos textuais, mas eles serão publicados em outros canais, como os blogs.

No que diz respeito às redes sociais, se assim como esse escritório o seu negócio também precisa expor visualmente os produtos e serviços que oferece, uma boa opção é o Instagram.

Ou seja, além de conhecer o seu público e a sua persona, é necessário ter conhecimento das características de cada plataforma e o quanto elas são compatíveis com os objetivos e o segmento da sua organização.

Estabelecer metas

Uma empresa de escritórios compartilhados precisa descobrir o que a motiva e por que precisa estar presente nas redes sociais.

Para isso, é necessário definir metas objetivas e um tempo necessário para alcançá-las, independentemente de ser aumentar as vendas, criar uma relação mais próxima com o cliente, entre outras possibilidades.

Conclusão

As redes sociais são plataformas essenciais para as estratégias de marketing digital de todo negócio, por isso, não devem ser descartadas de seu planejamento.

Neste artigo, você conheceu um pouco mais sobre cada uma delas e suas características, pontos essenciais para escolher aquela – ou aquelas – que atendam às demandas da sua empresa, bem como de seus clientes.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.