Como acompanhar as tendências do Youtube?

O YouTube é uma rede social que possui um público amplo e diferenciado das demais plataformas, uma vez que os seus conteúdos têm foco nos vídeos, o que faz com que esta seja uma ótima opção para as empresas e influenciadores digitais. 

Contudo, é sempre importante considerar que esse tipo de canal sofre mudanças constantes em suas tendências, o que demanda maior acompanhamento e análises, mas não deixa de ser uma ação de extrema relevância. Acompanhe para saber mais.

Passo a passo para encontrar as tendências

Existem algumas ações que podem ser implementadas quando o objetivo é acompanhar os vídeos que estão sendo considerados uma tendência na sua região ou na plataforma em geral, as quais serão analisadas a seguir.

A atividade que permite sua descoberta é a partir da aba do “em alta” disponibilizada pelo próprio YouTube, nos quais ficam concentrados, em apenas um local, todos os vídeos com mais visualizações e que são considerados tendência entre os usuários.

Por exemplo, se um vídeo de uma empresa de locação de impressora está sendo muito visualizado, comentado e curtido pelos visitantes, ele será considerado tendência, uma vez que é algo que está gerando repercussão. 

Isso pode ser feito tanto em aparelhos celulares, quanto em computadores desktop, ambos com a possibilidade de mudar a localização para acompanhar os vídeos em alta de outros países, a partir das configurações.

Utilizando o computador

Para acessar pelo PC, logo na página inicial do YouTube, deve-se clicar na opção “em alta”, que fica localizada sempre no topo da barra lateral à esquerda.

Ao entrar nessa opção, o usuário terá acesso aos vídeos tendência do sua localização atual, o qual foi selecionado anteriormente ou de forma automática.

Para a alteração da região, é preciso clicar no avatar, localizado no canto superior direito, o qual pode ser mais facilmente encontrado através do encontro de um círculo com a foto de perfil escolhida pelo usuário. 

Após isso, será expandido na tela um menu e, entre as últimas opções, aparecerá a opção “Local”, que deve ser clicada. Nesse passo, já será possível visualizar o país que está demarcado, sendo possível modificá-lo e definir uma nova localização. 

Todo esse processo pode ser realizado inúmeras vezes, com alteração do país ou retorno para a localização normal para acompanhar conteúdos sobre instalação de divisórias e afins.

Utilizando o celular

No caso do celular, primeiramente é preciso ter o aplicativo do YouTube instalado, já que este possui uma aba especial para os vídeos em alta, sinalizada em uma barra na parte inferior da tela.

Em caso de desejo de mudança da região dos vídeos em alta, é necessário que, através do aplicativo, o usuário acesse a aba “Em alta”, e depois entre na área do seu avatar, localizado no canto superior direito. 

Com o menu aberto, ele deve acessar a aba de “Configurações”. Na nova página aberta, é preciso entrar na seção “Gerais” e depois em “Localização do conteúdo”. O país no qual os vídeos se baseiam estará marcado com uma bolinha verde, devendo ser mudado.

Para realizar essa alteração, é necessário descer as opções e clicar no novo país desejado, fazendo com que, após a nova seleção, abaixo da opção “Localização do conteúdo” clicado anteriormente, apareça o novo país fornecedor dos vídeos. 

Para conseguir visualizar os vídeos de tendência daquele lugar, o usuário só precisa voltar para a seção em alta e o material será atualizado de acordo com as informações definidas anteriormente.

Por que conhecer o que está em alta?

Para as empresas e profissionais que investem na criação de vídeos, além de possuir materiais de qualidade, como uma câmera e equipamento de iluminação, é importante saber quais tipos de conteúdos estão sendo mais consumidos na plataforma.

Nesse sentido, a seguir serão analisados alguns dos motivos que explicam essa necessidade, para promover maior compreensão. 

1 – Conteúdo direcionado

Para começar, a partir do momento que alguém que trabalha com o público, sabe as características e informações sobre aquilo que lhes gera interesse e o que eles consomem, poderá direcionar sua produção para essas especificações.

Logo, se um criador de conteúdo sabe que o seu público está interessado em vídeos de reformas, ele pode gravar e postar o processo do seu escritório e indicar a empresa de projeto de arquitetura corporativa que contratou.

Dessa forma, ele consegue entregar um material que já é de interesse da sua audiência, aumentando o seu alcance, além de agregar valor à sua produção, uma vez que garante o auxílio durante o processo com indicações e dicas sobre o processo.

Consequentemente, a empresa ou o profissional será mais eficiente, devido ao fato de entregar sempre conteúdos considerados tendência, aumentando o seu destaque, a qualidade do conteúdo, bem como seus resultados.

2 – Auxiliar os clientes de forma certeira

Outro motivo que demonstra a importância de utilizar esse recurso é o fato de que é possível identificar as necessidades e desejos dos clientes de forma mais certeira e com antecedência.

É fato que, no mercado atual, as empresas e profissionais precisam detectar as tendências o mais rápido possível para que haja a possibilidade de adaptação ou mudança de acordo com a opinião do público.

Isso porque as pessoas que vão consumir o que for produzido são os usuários da plataforma, e se isso vier a conhecimento, é possível ajustar rapidamente possíveis erros, e se adequar à sua necessidade.

Assim, um indivíduo tem acesso a uma solução para o seu problema no exato momento que estava buscando por ela, devido à publicação de um vídeo que condiz com o contexto, como caneca personalizada de acrílico, pois é considerado como tendência em alta. 

3 – Produzir novos conteúdos

Ao avaliar as tendências e o que está em alta, torna-se possível gerar novas ideias de produção de vídeos, uma vez que essa ação facilita o surgimento de insights e novas ideias em geral para o canal.

Dessa maneira, é possível entrar em novo nicho ou possibilitar uma nova forma de produzir material para a plataforma, acompanhando os novos gostos e os vídeos que mais estão fazendo sucesso entre a audiência.

Por exemplo, um criador de conteúdo que costuma publicar vídeos em forma de histórias e esquetes, como “tipos de vendedores de mesas corporativas”, consegue ver na área em alta que as pessoas estão mais interessadas em vídeos mais longos e detalhados.

Assim, ele consegue adaptar a sua forma de entrega de conteúdo aos consumidores, de acordo com os seus gostos e mudanças, garantindo resultados que de fato os agradem, ao invés de insistir em algo que deixou de ser eficiente. 

4 – Destaque perante os concorrentes

É de conhecimento geral de todos que estão inseridos no mercado que é imprescindível encontrar meios de se diferenciar da concorrência, fazendo com que os clientes sejam direcionados à sua produção, aumentando sua relevância.

Sendo assim, acompanhar as tendências do em alta no YouTube surge como uma forma de identificar maneiras de se destacar dos concorrentes e atrair consumidores, garantindo que ela se torne referência e seja lembrada pelos usuários.

Isso acontece porque, a partir do momento que um criador de conteúdo identifica as tendências antes de seus concorrentes, ele consegue criar aquele conteúdo de interesse primeiro, dando maior originalidade para seu canal e material.

Como consequência, ele adquire vantagem competitiva, passando a imagem de pioneiro e transformador, fazendo com que a utilidade seja direcionada a ela, mantendo o público ao invés de perdê-lo para os outros negócios.

Um exemplo, se uma empresa de impressão de materiais gráficos publicou um vídeo de interesse dos consumidores antes das outras, o público teve seus desejos atendidos de forma exclusiva, o que é um meio de atração para o seu canal.

Principais tendências de vídeos para 2022

Para este ano, a plataforma de vídeos pode passar por algumas mudanças, tendo maior investimento em certas situações, a quais são consideradas as tendências de vídeos para o ano, sendo as principais delas:

  • Eventos online na plataforma;
  • Publicação de videoconferências;
  • Conteúdos com storytelling;
  • Vídeos de curta duração para as redes sociais;
  • Live Shopping (compra ao vivo).

Além disso, uma aposta são os conteúdos sem áudio ou em formato 360°. Afinal, deve-se considerar a constante mudança no comportamento dos consumidores, que prezam por conteúdos cada vez mais rápidos e dinâmicos.

Ou seja, é importante que todas as empresas, sejam elas vendedoras de etiquetas personalizadas ou um criador digital estejam atualizados sobre o que atrai seu público-alvo, visando atingir os resultados esperados. 

Conclusão

O YouTube é um ambiente muito rico e abrangente para qualquer pessoa, permitindo a produção e entrega de conteúdos sobre os mais variados assuntos.

Assim, é preciso que haja conhecimento sobre as tendências do momento, tanto para conseguir acompanhar as novidades, quanto para possibilitar uma criação de conteúdos que permita um maior destaque no ambiente digital.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.