Heatmap: o que é e suas vantagens

O heatmap, também conhecido como “mapa de calor”, é uma ferramenta usada para rastrear as atividades do público no site da empresa.

Por meio dele, fica mais fácil compreender a movimentação dos usuários e usar essas informações para implementar mudanças estratégicas e potencializar os resultados.

Os profissionais que se encarregam de gerenciar sites e blogs precisam de informações aprofundadas sobre o público e de que maneira essas pessoas consomem os conteúdos publicados.

Nesse sentido, o mapa de calor surge como uma ferramenta valiosa que traz muitas melhorias para o negócio, uma vez que é possível compreender quais são as sessões e links que os usuários mais clicam ou selecionam.

A marca terá uma boa dimensão sobre os interesses de quem visita seu site, e assim trabalhar em cima de melhorias estratégicas. Quanto mais interessado o público estiver em determinada área, mais informações o negócio consegue obter sobre eles.

Consequentemente, suas estratégias de marketing e processos internos trarão resultados muito melhores.

Para entender um pouco mais sobre esse assunto, neste artigo, vamos explicar o conceito de heatmap, sua função e importância, além de quais são as vantagens que ele traz para as organizações. Confira!

O que significa heatmap?

Heatmap é uma palavra em inglês que pode ser traduzida como mapa de calor, e nada mais é do que uma representação gráfica para compreender quais pontos de blogs e sites costumam ser mais visitados pelos usuários.

Eles mostram interações com o mouse, cliques e rolagem de página, e essa tecnologia pode ser aplicada em diversas ocasiões, inclusive, na prática de esportes para compreender como um atleta se desloca em uma quadra ou campo.

Dentro das estratégias de marketing digital e gestão empresarial, uma confecção de camiseta uniforme feminino utiliza essa ferramenta para saber em quais partes do site e páginas as pessoas costumam prestar mais atenção e passar mais tempo.

Então, o mapa de calor mostra em quais seções os usuários clicaram, bem como links e banners que chamaram mais a atenção deles.

Dentro de um texto, mostra quais partes surpreenderam mais a atenção das pessoas e formatos de conteúdos que chamam mais a atenção dos visitantes, como:

  • Imagens;
  • Vídeos;
  • Infográficos;
  • Áudios.

Dentre as funções do heatmaps estão as indicações de calor, que mostram as incidências de maior ou menor presença em certas áreas do mapa, e elas são divididas por cores.

As partes mais avermelhadas são as que mostram maior intensidade de navegação, permanência ou cliques. As áreas azuis mostram locais onde houve menor atividade por parte dos visitantes.

Ou seja, as zonas de calor no site de uma empresa de terceirização de serviço costumam aparecer em vermelho, as cores frias, por sua vez, mostram onde os usuários passaram menos tempo.

O principal objetivo do mapa de calor é trazer um relatório com as indicações de uso dos visitantes das páginas. Existe um detalhamento importante que fala um pouco mais sobre as atividades realizadas pelas pessoas.

Eles mostram as principais funções do heatmap, que são conhecidas como Click Maps, Scroll Maps e Hover Maps.

Os Click Maps mostram em quais áreas do site as pessoas clicam mais, como no caso de ícones, banners, indicadores de seções, CTAs, links, entre outros. Com essas informações, torna-se mais simples compreender o interesse do público.

O Scroll Maps, por sua vez, mostra a rolagem da página, indicando qual parte dela as pessoas costumam ler o material, ou em outras palavras, até onde a maioria dos usuários costuma ir.

Essa informação ajuda a descobrir se o tamanho das publicações está adequado às necessidades dos visitantes, melhorando assim as estratégias de Marketing de Conteúdo.

Por fim, o Hover Maps é uma informação um pouco mais profunda, pois mostra como ficou o cursor do usuário enquanto ele navegava pelos sites das empresas de panfletagem.

Por meio dessa função, é possível saber se o visitante consumiu o conteúdo ou se ele deixou o mouse parado enquanto estava na página.

Características do heatmap

O mapa de calor possui diferentes características, por essa razão, é um grande aliado das estratégias de marketing e ajuda a otimizar sites e blogs institucionais.

Mas é essencial lembrar que se trata de um trabalho contínuo e valioso, visto que ajuda a captar leads, manter um bom relacionamento com o público e aumentar o número de conversões.

A empresa tem em mãos a possibilidade de analisar o comportamento das pessoas em seu site e entender quais partes precisam ser melhoradas.

Quando uma empresa de lavagem de cadeiras estrutura seu site, o ponto de partida é o usuário, pois tudo o que é feito dentro da página é pensado para interagir com o visitante, como no caso dos links e conteúdos.

Por isso é tão importante investir em um trabalho contínuo que consiga entender o modo como as pessoas interagem com aquilo que é proposto pelo site.

Uma estratégia bem trabalhada é proveniente de uma análise de comportamento, que acaba por interligar os mapas com outras métricas, como no caso das taxas de rejeição.

Ao mesmo tempo em que o heatmap mostra onde os usuários costumam interagir mais, também ressalta quais lugares da plataforma costumam ser rejeitados.

Isso ajuda a descobrir em quais pontos é necessário investir em melhorias, além de fazer uma análise associada a outras métricas.

Por exemplo, se você coloca um CTA que não está recebendo muitos cliques, então talvez seja o momento de reavaliá-lo, analisando se ele é chamativo o suficiente, se sua frase é interessante e até mesmo se a oferta faz sentido para as pessoas.

Assim, uma empresa de banner para aniversário personalizado pode levar em conta estas e outras questões, enquanto estiver analisando o mapa. Tenha em mente que detectar pontos de baixo interesse ajuda a otimizar o site e a melhorar os resultados.

Vantagens de utilizar o heatmap

Quando uma empresa mapeia seu site, ela tem mais chances de conseguir melhorá-lo estrategicamente, proporcionando interações valiosas entre a marca e os visitantes. Além disso, tem acesso a uma série de outras vantagens, como:

1 – Reduzir as taxas de rejeição

As taxas de rejeição são métricas essenciais, visto que podem impactar diretamente as estratégias criadas para melhorar o blog ou site institucional.

O usuário pode abandonar uma página por diversas razões, mas independentemente de qual seja, é muito importante compreendê-la.

Por meio do mapa de calor, um fabricante de cortina blecaute sob medida consegue entender em que momento os usuários abandonaram a plataforma.

A partir disso, ela pode fazer a ligação entre o que o heatmap está indicando e as motivações concretas, isso pode ser feito apenas observando conteúdos relacionados com as atividades dentro do mapa.

Toda mudança precisa ser estratégica, pois isso aumenta a permanência dentro da página e favorece os investimentos em SEO (Search Engine Optimization).

2 – Otimiza os conteúdos

Conteúdos bem trabalhados tornam a plataforma mais atraente e interessante para o leitor. Podemos usar como exemplo os Scroll Maps, que ajudam a observar a navegação e indicam a permanência dos visitantes em diferentes áreas do site.

Quando uma empresa de pin broche personalizado otimiza seus conteúdos, entrega um novo texto com divisões de parágrafos estratégicos diferentes, por exemplo.

Construir seus conteúdos com base em bons parâmetros de escaneabilidade, levando em conta os resultados mostrados pelo mapa de calor, as publicações terão muito mais chances de serem lidas até o final.

3 – Aumenta os pontos de conversão

O objetivo de toda empresa é converter visitantes em leads e leads em clientes, por isso, as conversões são métricas fundamentais para mensurar o sucesso das estratégias de marketing.

Isso não leva em conta a etapa em que o lead se encontra no funil de vendas, pois mesmo que ele apenas assine a newsletter, já deu um passo vital para o negócio.

Mas para fazer com que seu futuro cliente realize qualquer tipo de ação em sua página, um fabricante de chaveiro imobiliário personalizado precisa investir em uma boa chamada para ação (CTA), e ela precisa estar bem posicionada na página.

Por meio do heatmap, fica mais fácil entender como é a navegação dos visitantes e o que eles preferem. A companhia então trabalha melhor os pontos de conversão e consegue posicioná-los de maneira mais atrativa e de acordo com os hábitos dos usuários.

Considerações finais

As empresas precisam conhecer bem seu próprio site e as preferências de seu público para que a plataforma esteja de acordo com sua cultura organizacional e as necessidades dos consumidores.

A melhor maneira de manter um equilíbrio entre esses dois pontos é por meio do heatmap, que oferece um relatório completo sobre o comportamento dos visitantes em sites e blogs institucionais.

Utilizar essa ferramenta é fundamental para garantir o sucesso das estratégias de marketing e otimizar os investimentos nesse setor.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.