Tecnologia: aumente suas vendas com essas táticas

Hoje em dia todo empresário e todo gestor de empresas precisa entender a importância da tecnologia para crescer um negócio. 

Ela pode ser aplicada em vários departamentos de uma firma, mas sobretudo no comercial, no marketing e nas vendas.

Um exemplo disso é o da automação do funil de vendas, que tem tudo a ver com o que vamos dizer aqui. 

Porém, muita gente quando ouve falar de automação logo pensa em esteiras industriais e braços mecânicos, como se ela fosse apenas isso.

Portanto, deixando de lado uma fábrica de camiseta uniforme feminino que aplica altas tecnologias, também há quem pense que automação é aquilo que algumas pessoas já fazem em casa, para a luz acender sozinha ou a janela fechar por programação.

Sendo assim, é preciso começar deixando claro que a automação vai muito além da aplicação industrial e residencial. 

Inclusive, podemos dizer que ela já faz parte do nosso dia a dia, mesmo quando não percebemos isso de cara.

Há muitas funcionalidades de um banco online que dependem inteiramente da automação e de tecnologias agregadas. 

A identificação dos clientes para evitar fraudes é apenas um dos exemplos, entre tantos outros rotineiros.

O mesmo vale para alguns veículos que já utilizam automatização e até mesmo inteligência artificial, comprovando como nos últimos anos a tecnologia tem se popularizado no mundo todo, mesmo em países de terceiro mundo como o nosso.

Aliás, um dos maiores exemplos está em nossas mãos diariamente, que é o do smartphone

Quando abrimos um motor de busca e pesquisamos por algo como empresa de segurança do trabalho, em poucos segundos surgem centenas ou milhares de resultados.

Ali temos algoritmos e parâmetros que fazem uma automação que tem tudo a ver com a tecnologia aplicada às táticas de venda. 

Pouca gente sabe, mas esses buscadores estão “vendendo” algo também, que é sua mídia e sua experiência.

Portanto, eles precisam garantir que os usuários tenham bons resultados quando usarem a plataforma, para que com isso possam vender os espaços de mídia. No caso de uma empresa comum, a tecnologia é aplicada de modo mais direto e explícito.

Daí que tenhamos achado melhor escrever todo este conteúdo como modo de deixar claro o quanto a tecnologia pode aumentar suas vendas com táticas cada vez mais populares. Para isso também falaremos de alguns conceitos e da importância disso tudo.

Afinal, não basta lidar apenas com as funções de determinada tecnologia, pois junto é preciso demonstrar as características por trás dela, além de dar exemplos reais e que ilustram verdadeiramente o que está sendo ensinado.

De fato, hoje a tecnologia está tão avançada que ela realmente já pode ajudar qualquer tipo de empresa ou modelo de negócio. 

Isso vale tanto para um chaveiro imobiliário personalizado quanto para uma indústria do setor petroquímico.

Diante de tudo isto, se o seu interesse enquanto leitor, empresário ou gestor é compreender de uma vez por todas o papel da tecnologia comercial em uma empresa, com isso melhorando e muito seus resultados, então é só continuar a leitura até o fim.

O conceito e as características

A tecnologia aplicada às vendas nada mais é do que um esforço por voltar toda parte de softwares, programas e até aplicativos para o universo comercial.

Podemos dizer que com o surgimento dos microcomputadores e sua entrada na rotina das empresas isso já era feito, inclusive no sentido de automatizar processos com uso dele e da telefonia como apoio e suporte desde o início.

Dependendo do ponto de vista, um telefone já é mesmo uma tecnologia que ajuda uma empresa a atingir mais clientes e prospects do que se tivesse que visitar um a um.

Tanto que até os idos de 1990 o telemarketing fez muito sucesso, especialmente no caso de lojas de venda como um magazine de cortina blecaute sob medida, já que essa tecnologia realmente facilitava e ainda facilita o dia a dia de um departamento comercial.

Mas, a verdadeira revolução começa mesmo por volta dos anos 2000, com a popularização da internet e de suas várias frentes de atuação, tais como:

  • E-mails;
  • Lojas virtuais;
  • Landing pages;
  • Plataformas;
  • Marketplaces;
  • Mídias sociais;
  • Buscadores.

Enfim, há um universo de possibilidades de anúncio e de aplicação das tecnologias digitais da internet na estratégia de vendas de uma empresa.

Sem falar nos softwares e programas que funcionam online, aliás, temos aí outra grande revolução, que foi a da Computação na Nuvem.

Graças a ela muitas empresas passaram a ter um acesso ainda maior às soluções tecnológicas comerciais, como no caso de um CRM (Customer Relationship Management).

Com ele, uma loja que vende algodão doce colorido pode fazer, justamente, a Gestão de Relacionamento com o Cliente.

Tudo isso pela nuvem, de modo que um funcionário pode subir um lead no programa pelo desktop da firma, outro pode acessar esses dados pelo laptop enquanto almoça, e o vendedor externo pode acessar e atualizar tudo pelo celular, na rua.

Adiante explicaremos melhor tudo isso, o que precisa ficar claro é que o conceito de tecnologia no mundo das vendas tem a ver com automação e escalabilidade.

É ela quem vai permitir crescimentos incríveis e sem limite, suas características são justamente essa de encontrar facilidades e potencializar resultados.

As funções e a importância

A melhor maneira de lidar com as funções e a importância incomparável da tecnologia nas vendas é por meio do funil de vendas, como já referido antes.

Na prática, o que esse funil deixa claro é que nenhuma pessoa pula do estágio de alguém que ignora determinada marca ou solução, para o de cliente fiel e satisfeito.

Na verdade, há várias etapas que vão sendo preenchidas aos poucos, sendo que cada uma delas exige um tipo de abordagem e de estratégia. É aí mesmo que entra a função da tecnologia comercial.

Se a empresa trabalha com limpeza de cadeiras de tecido, ela pode começar trabalhando o topo do funil por meio de um blog e das redes sociais.

Assim, ela cria conteúdos gratuitos que vão educando seu público e mostrando a importância de contratar esse tipo de serviço. 

Depois vem a prospecção, cuja função da tecnologia é a de agilizar o processo, como algo indispensável.

Afinal, é preciso considerar que o cliente quase nunca conta com apenas uma empresa. 

Portanto, enquanto você perde tempo qualificando seus leads, eles podem estar negociando com a concorrência e até fechando com ela.

Deste modo, a automação de um CRM pode ajudar no processo, para que o lead passe logo do marketing para os vendedores e seja convertido em comprador.

Depois de tudo isso, pouca gente sabe, mas vêm as etapas de pós-venda, de suporte de instalação ou de adaptação, no que também pode entrar a tecnologia.

Sendo assim, sua importância está no fato indiscutível de que a tecnologia pode cobrir toda a jornada de compra de um cliente, desde o pré-venda até o pós-venda.

Assim, quem tem controle sobre esses estágios tem controle, no fim das contas, sobre seu próprio futuro, por controlar seu crescimento de modo escalável e sustentável.

As táticas de relacionamento

Ao falar sobre as táticas de relacionamento entre uma marca e seus clientes, no âmbito das tecnologias voltadas para o aumento das vendas, é preciso fazer várias ponderações.

A primeira delas é a de que muitos ainda temem que a tecnologia possa tornar a comunicação muito robótica, por ficar disparando e-mails prontos e mensagens padronizadas.

Na verdade, não é bem assim. O risco de um funcionário ser deseducado com um comprador em potencial é tão grande quanto o perigo de uma tecnologia ser mal aplicada e soar artificial.

Um exemplo claro é o dos chatbots, pois hoje quando você entra em um site de caneca porcelana personalizada é quase impossível você não se deparar com um.

Trata-se daquele chat que abre no canto da tela, com alguém se oferecendo para ajudá-lo. 

Graças à Inteligência artificial, eles são cada vez mais espontâneos, sendo que alguns chegam a cruzar informações para fazer uma ou outra piada.

Portanto, o mais indicado não é soltar o comercial inteiro nas mãos da tecnologia, mas sim ir customizando e personalizando cada nova função tecnológica. Assim você não perde sua conexão com o público e mantém uma relação de qualidade.

Pense de modo multicanal

Por fim, um último ponto fundamental sobre tecnologia e aumento das vendas por meio dessas táticas é a questão multicanal, que alguns chamam de marketing 360 graus.

Como o termo já sugere, é quando uma empresa de terceirização de serviço olha para todos os lados ao mesmo tempo, investindo não apenas no site próprio, mas também nas redes sociais, nos marketplaces, nos buscadores e em tudo o mais.

Assim, a tecnologia ajuda seu negócio a aparecer em todos os cantos, o que aumenta a chance de encontrar a pessoa certa, na hora certa e fazer uma venda a mais.

Considerações finais

A tecnologia se tornou algo incontornável para qualquer empresa, seja a da telefonia ou da automação com base em inteligência artificial e computação na nuvem.

Com os conceitos e conselhos trazidos acima, ficou claro como a tecnologia pode aumentar suas vendas por meio de táticas seguras e promissoras.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.