8 benefícios de possuir uma loja virtual

loja virtual

Empreender é o sonho de boa parte das pessoas. Com a evolução da internet e das suas ferramentas digitais, é possível trocar um estabelecimento comercial físico por uma loja virtual, que seja responsável pela venda de qualquer tipo de produto.

Além de exigir um custo inicial muito menor com infraestrutura e outras despesas, esse canal de venda oferece a qualquer pessoa a possibilidade de lucrar 24 horas por dia, atingir clientes nacionais e até internacionais, sem ao menos sair de casa.

Outra vantagem de possuir o próprio comércio virtual é ter a chance de apostar em mais de um canal. As vendas de itens e serviços podem ser feitas tanto por meio de um site, quanto por meio das mídias sociais e dos aplicativos de troca de mensagem.

São inúmeras as possibilidades a serem exploradas pela parcela da população brasileira que deseja ter o próprio negócio, desde a escolha dos métodos usados para realizar a comercialização, até a definição de um determinado segmento de atuação.

Uma loja virtual ainda consegue apresentar vantagens para o seu público, pois o baixo custo operacional exigido no processo de vendas permite que os produtos sejam comercializados por um preço muito inferior aos de uma loja física.

Para que o negócio seja um sucesso, é recomendado estar atento a algumas dicas que contribuirão com o bom desempenho do trabalho, com uma lucratividade razoável, no melhor atendimento aos consumidores e à assertividade nas ofertas propostas.

O valor gasto na hospedagem do site, a taxa cobrada pelo tipo de pagamento que vai oferecer aos clientes, o prazo para o dinheiro cair na conta bancária e o custo da transportadora terão grande influência na etapa de precificação dos itens.   

Outra premissa básica para o sucesso nas vendas é a criação de um bom site. Não é necessário ser expert em tecnologia da informação para isso, basta estar por dentro das opções disponíveis de plataformas digitais de criação e edição deles.

Compreender a logística e estoque de uma loja virtual também é primordial, visto que elas não funcionarão como nos ambientes presenciais. Evitar rupturas nas gôndolas online fará toda a diferença na experiência do consumidor e em seu nível de satisfação.

Assim como em todos os outros métodos de negociações, deve-se considerar a etapa de compreensão e estudo do público-alvo do comércio virtual. Dessa forma, será mais simples saber como agradá-lo e oferecer propostas de seu interesse.

Por último, mas não menos importante, é imprescindível proporcionar segurança na trajetória de compra dos consumidores. Para isso, é ideal aplicar algumas dicas no site de uma loja, como:

  • Escolha de uma plataforma segura;
  • Ativação do certificado SSL;
  • Realização de varredura malware;
  • Uso de senhas fortes.

A boa execução desse plano estratégico certamente renderá bons frutos ao empreendedor que deseja apostar nesse formato de negócio e complementar a sua renda mensal, de forma prática e sem grandes investimentos iniciais.

Por que apostar em uma loja virtual?

Como mencionado anteriormente, investir em uma loja virtual é uma ótima alternativa para quem deseja iniciar o primeiro empreendimento, ou para quem deseja ampliar e gerar maior lucratividade a um empreendimento físico já efetivo.

Em ambos os casos, esse investimento pode proporcionar muitos benefícios ao comerciante que deseja arriscar no mercado digital. Entre eles, os que serão mencionados nos tópicos a seguir:

1. Investimento inicial mais baixo

De acordo com uma pesquisa realizada da área, no ano de 2018, o investimento inicial para abrir um e-commerce era de cerca de R$1 mil, opção atrativa para os interessados em se aprofundar em um novo método de vendas.

Hoje, após alguns anos desse levantamento, esse tipo de negócio continua sendo interessante para a comercialização de produtos e até mesmo para a contratação de serviços no ambiente cibernético, como o de manutenção de bomba injetora.

Abrir a própria loja virtual não exige um estabelecimento físico o que, consequentemente, reduz drasticamente os custos iniciais. Todas as negociações podem ser feitas inicialmente dentro do conforto de um lar.

2. Sem limitações geográficas

Outra vantagem de abrir a própria loja virtual é a possibilidade de alcançar pessoas de qualquer localidade do Brasil e até mesmo do mundo. Diferente dos estabelecimentos comerciais, a web dá ao empreendedor a chance de cruzar fronteiras.

Com a chance de alcançar várias localidades, vender produtos de uma região específica, como as sementes de capim mombaça, se mostra como uma oportunidade atrativa para lojas virtuais de produtos agrícolas.

Muitas vezes, as pessoas de uma cidade só conseguem possuir algum produto de cidades vizinhas que foram adquiridas de forma online. É importante que os comerciantes estejam atentos a esses cenários, pois essa é uma grande oportunidade de lucrar com as vendas.  

3. Funcionamento 24 horas

Funcionar 24 horas por dia é uma realidade possível para uma loja virtual. Por não precisar de uma equipe de vendedores responsável por intermediar uma trajetória de compra, as aquisições podem ser feitas a qualquer momento pelos clientes.

Desde a compra de um bacon caseiro defumado no site de um supermercado, até a aquisição de uma roupa, uma loja especializada em vestuário consegue ser feita por meio de uma página da web que tenha um funcionamento em período integral.

Um dos motivos que viabiliza essa ação é a sorte de não precisar de um time que faça o comércio acontecer. Qualquer item pode ser adquirido pelas pessoas com o auxílio de ferramentas e recursos tecnológicos disponíveis no mercado digital.

4. Vendas em mais de um canal

Além de ter um horário ilimitado de funcionamento, e a chance de cruzar fronteiras nacionais e internacionais. Uma loja virtual consegue realizar as vendas em mais de um canal, entre eles o site, mídias sociais e até mesmo por um aplicativo.

Uma telha galvanizada com isopor e qualquer outro tipo de produto pode ser vendido nos canais que mais têm audiência para um determinado grupo de pessoas. Portanto, é importante considerar essa escolha com base no comportamento do consumidor.

Como um prospect ou cliente se comporta no ambiente digital guiará os passos do empreendedor que ainda está em dúvida de qual (ou quais) as plataformas que utilizará para realizar as suas transações comerciais e gerar rentabilidade ao seu negócio.

5. Maior praticidade

Não é somente a venda de itens específicos que são feitas por meio de uma loja virtual. A divulgação e contratação de serviços também pode ser realizada por alguém, de forma prática e sem a necessidade de deslocamento até um estabelecimento físico.

Anos atrás, ter acesso a um avaliação psicológica, que oferecesse ajuda às pessoas que estão passando por um processo de superação do luto parecia algo difícil, porém, com a internet, essa carência consegue ser rapidamente suprida.

Gerar praticidade no processo de ser encontrado pelo público-alvo, na etapa de aquisição de algum dos serviços ou produtos, e na máxima experiência do usuário, é uma das premissas básicas para o sucesso de um negócio, seja ele qual for.

6. Facilidade de monitoramento

Diferente das lojas físicas, as lojas virtuais possuem a maior capacidade de monitoramento da logística, do estoque, do caixa e do percentual de vendas. Além disso, é possível monitorar o comportamento do consumidor, compreendendo as suas preferências.

Estar ciente de como anda o fluxo de vendas de um extenso catálogo de produtos, como o de uma loja de produtos automobilísticos especializada em vela ignição hb20 1.0 3 cilindro, é muito mais fácil por meio das métricas disponíveis em um site comercial.

Dados pessoais de todos os clientes, informações de qual item ele comprou, qual ele colocou no carrinho e deixou de lado, bem como sua frequência de compra são disponibilizados com muito mais facilidade para os proprietários de uma loja virtual.

7. Muitas funções com time reduzido

Uma loja virtual não demanda a contração de funcionários responsáveis pelas vendas, pelo caixa, pela limpeza, pela manutenção, pela reposição de estoque e diversos outros serviços exigidos para um bom funcionamento de um estabelecimento físico.

Inicialmente, apenas uma pessoa é capaz de exercer todas essas funções por meio de uma ou mais plataformas tecnológicas, como um site e as mídias sociais. Ou seja, muitas funções acontecem com o auxílio de um time reduzido ou apenas um indivíduo.

Não é necessário nem mesmo um RH para realizar contratações de colaboradores e a confecção de corda crachá para todos. O ambiente digital pode ser resumido à otimização de tempo e de recursos.

Considerações finais

A oportunidade de conquistar uma renda mensal ou apenas complementar um orçamento é uma realidade palpável com os recursos tecnológicos disponíveis nos dias de hoje, que proporcionam a oportunidade de ter a própria loja virtual.

Com um baixo investimento inicial e pouca burocracia, os empreendedores brasileiros conseguem ter acesso a um imenso leque de possibilidades de comércios, dos mais variados segmentos e especialidades, como os de hidrantes internos

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.