3 dicas para aumentar a taxa de conversão da sua loja online

taxa de conversão

Não há nenhuma novidade quanto ao fato de que a esfera digital vem se tornando cada vez mais importante, já sendo hoje algo indispensável. O que falta deixar claro é como a taxa de conversão é imprescindível para manter uma estratégia sólida.

De fato, é muito comum ouvir falar de alguns empresários e gestores que acabaram levando para a internet certos vícios do mundo offline. Entre eles, o de se esquecer de aplicar determinadas métricas e ferramentas de monitoramento.

Isso pode acontecer sobretudo quando as vendas estão indo bem, o que cria uma ilusão de que vai ser sempre assim. Na verdade, uma maré de sorte ou sazonalidade qualquer não garante um negócio sustentável.

Isso quer dizer que é preciso ter o controle dos números e da situação o tempo todo, seja em fases boas ou ruins. Se a empresa vende caixa bluetooth personalizada, ela pode ter de lidar com oscilações nos resultados, que são normais.

Em datas festivas, por exemplo, talvez as vendas aumentem, porque seu produto está na linha de frente dos presentes que costumam ser dados entre parentes e amigos. Depois, no entanto, os números podem cair um pouco e exigir estratégias melhores.

Justamente por isso é preciso que os gestores e líderes da loja online tenham o controle da situação e do próprio portal de vendas. Lembrando que hoje em dia há várias frentes possíveis a serem usadas.

Por exemplo, ter uma loja virtual não impede que a marca também dispare e-mail marketing, ou que tenha um blog para atrair um maior tráfego de pessoas interessadas naquela solução oferecida, seja um produto ou serviço.

Também é possível marcar presença nos motores de busca (alguns deles, como o Google, já têm a seção de “shopping”), bem como nas redes sociais, nos marketplaces, em alguns aplicativos e daí em diante.

A relevância do KPI

Tudo isso só serve como exemplo para mostrar que sem um controle racionalizado e uma estratégia muito clara, é fácil perder o controle. Daí que uma empresa de pisos elevados possa eleger alguns KPIs para serem seus companheiros de todas as horas.

Sigla para Key Performance Indicator, um KPI nada mais é do que um Indicador-Chave de Desempenho. Ou seja, uma fórmula ou métrica que facilita imensamente o processo na hora de mensurar e analisar resultados frequentes.

Com “frequência” queremos dizer que eles podem ser usados para cálculos anuais, mensais, semanais ou mesmo diários. Na verdade, quanto menor o arco de tempo da análise, mais precisa ela se torna.

Além do que, é bem melhor verificar que os resultados não estão sendo como o esperado antes do fim de uma campanha, quando ainda dá tempo de mudar algo, do que esperar a sua finalização para perceber que ela não deu o seu melhor.

Isso já começa a deixar claro como acompanhar as taxas de cada ação é algo imprescindível. Sem esse esforço, cada passo dado pela loja virtual e pelo marketing seria como dar um tiro no escuro.

Sendo que a taxa de conversão é, no fundo, um dos principais KPIs. Afinal, se um negócio que comercializa cortina rolo para varanda gourmet decide fazer vendas online, isso vai implicar investimentos, sejam de dinheiro ou de tempo.

Portanto, simplesmente não é possível continuar fazendo determinado esforço sem saber se ele está sendo vantajoso, desvantajoso ou neutro. Esse é outro erro comum, pois alguns pensam que só é importante contabilizar as vendas.

Entretanto, como fica o esforço feito em termos de orçamento, ou de aplicação de mão de obra, ou ainda de tempo de dois ou três funcionários em alguma ação da loja virtual? Já que eles poderiam estar fazendo outra coisa ou implementando outros recursos.

Daí que também seja muito comum ouvir alguns empresários reclamando que a internet não é tão boa assim, que não traz resultados. Quando na verdade depende do modo como cada um sabe usá-la e monitorar seus passos.

Por isso é que hoje se tornou tão fundamental explicar o que é a taxa de conversão, como estamos fazendo aqui. Também é importante apontar as 3 melhores dicas para você não apenas entender o conceito, mas junto aumentar seus resultados.

Porque se a empresa trabalha com porta de aço de comércio manual, ela precisa calcular a conversão em termos de venda, também em termos de atração de visitantes, captação de leads, conversão de cliente, abertura de e-mails e afins.

Desta maneira, se o seu grande interesse agora é mergulhar de cabeça nesse universo das taxas de conversão, quaisquer que sejam eles, e com isso melhorar a performance da sua loja online, então basta continuar por aqui na leitura.

O que é essa taxa, afinal?

Como já ficou claro até aqui, trata-se de algo que vai além da simples venda direta. Ou seja, não basta calcular quanto você gastou de dinheiro em um mês e quantos clientes entraram, embora esse tipo de taxa também seja fundamental.

A verdade é que a internet funciona de modo bem mais dinâmico do que uma loja física, em que seria difícil mensurar os impactos do investimento em algo como panfletagem, carro de som ou anúncios em revistas e jornais da região.

Uma loja online permite que você rastreie a conduta de vários visitantes do seu site, mesmo antes de eles comprarem algo e se tornarem consumidores propriamente ditos. É o que chamamos de lead, que é o contato de alguém interessado.

É justamente esse campo de possibilidades que obriga que você monitore melhor as coisas. Tanto em relação às ações empreendidas na loja virtual de uma retífica de sede, por exemplo, quanto em relação à reação do público frente a elas.

Basicamente, existem dezenas de taxas de conversão possíveis. O que podemos fazer é listar as mais importantes ou mais famosas, tais como:

  • Conversão de visitantes em leads;
  • Conversão de CTAs e cliques;
  • Conversão de e-mails abertos;
  • Conversão de vendas por acesso.

Sem falar nos casos em que a empresa usa um índice que trabalha com determinado orçamento investido. Por exemplo, a quantidade de clientes novos que surgiram após uma rodada de anúncios e patrocínios feitos na loja online.

Ou, ainda, a quantidade de seguidores a mais que a rede social da marca alcançou depois de impulsionar os últimos anúncios. Em todos esses casos, o fundamental é que haja uma visão macro da ação feita, mensurando o antes, o durante e o depois.

Dito de outro modo, é preciso que todo o funil de vendas seja racionalizado e permita averiguar sempre o que está sendo feito, por quem, com que objetivo e quais os retornos.

Invista em tráfego

Não dá para falar em dicas para aumentar a taxa de conversão da loja virtual, sem falar no alcance que ela tem. Isto é, no tráfego que ela é capaz de gerar, no sentido de atrair pessoas, visitantes, leitores e compradores em potencial.

No fundo, a loja virtual é como um estabelecimento, onde o fluxo de pessoas tem que estar bom para que haja vendas. É como se a loja online precisasse estar em uma avenida, em vez de ficar em uma rua isolada e silenciosa.

Atualmente, para evoluir nesse sentido, uma marca de enfestadeira automática Kuris pode investir tanto em tráfego orgânico quanto pago. Ambos são capazes de aumentar consideravelmente o tráfego da loja online e suas taxas de conversão.

O tráfego orgânico é aquele que não implica pagamento por anúncios. A grande dica de ouro aqui é ter um blog com conteúdos originais, atrativos e que demonstrem sua autoridade no segmento, pois isso atrai cada vez mais gente.

Assim, você oferece conteúdo gratuito, mas com a intenção de aumentar os leads e, claro, as vendas. Já o anúncio implica investimento, como nos links patrocinados, o que por seu lado exige ainda mais métricas, para que não haja prejuízo.

Pense na experiência

Seja sincero consigo mesmo: você compraria da sua própria loja virtual? Uma pergunta ainda mais assertiva, gosta dos conteúdos que publica e das propagandas que estão no ar?

Quando uma loja online de persiana alumínio sob medida pensa assim, ela começa a ver onde e como é possível melhorar a experiência do seu cliente.

No fundo, cada detalhe importa, desde o layout e a usabilidade (menus, tipos de fonte, facilidade e segurança do login), até pontos como responsividade. Isso é o que garante que a loja se adapte à tela de celulares e tablets.

Faça o bom uso da tecnologia

Por fim, hoje em dia é preciso usar e abusar da tecnologia. No fundo, não existe índice, métrica e taxa de conversão se você não tem os dados necessários.

Deste modo, uma loja que faz aluguel de serra tico tico precisa investir em softwares, programas e aplicativos que permitam implementar as devidas fórmulas e análises.

Exemplos clássicos são os CRMs (Customer Relationship Management), que fazem a Gestão de Relacionamento com o Cliente. E os ERPs (Enterprise Resource Planning), que cuidam do planejamento dos recursos da empresa.

Considerações finais

Sem dominar as taxas de conversão de uma loja online é praticamente impossível crescer de maneira séria, sólida e sustentável.

Por isso mesmo, acima explicamos o que são essas taxas, quais as principais e os 3 modos como você pode aumentá-las por meio de ações consistentes.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.