HTML, você realmente sabe o que é?

HTML

A internet se tornou o ambiente preferido de pessoas e empresas para estabelecerem sua comunicação, como resultado da velocidade na troca de informação proporcionada. Além das estratégias aplicadas, é válido contar com a parte técnica, como o HTML.

Toda plataforma ou site utilizado atualmente precisa ser trabalhada e desenvolvida por uma equipe de programadores, profissionais cuja responsabilidade é, através da tecnologia, oferecer soluções online e de forma acessível aos usuários.

Para o público geral, não é de conhecimento comum que um site que oferece o serviço de  Peças para empilhadeira toyota contempla tanta linguagem de computação e automatização de processos.

Esse cenário é possível, graças ao design feito pelos especialistas para tornar visível aos usuários somente a parte esteticamente acessível. Entretanto, para que a experiência dos internautas seja positiva, muito trabalho com a linguagem de programação é feito.

O HTML, em específico, é a linguagem mais usada a nível global, estando presente em sites e plataformas de diferentes segmentos, viabilizando que um e-commerce, por exemplo, consiga comercializar online produtos como a pedra brita 1

Conheça o HyperText Markup Language

A sigla HTML corresponde ao termo em inglês HyperText Markup Language, que traduzido para o português, deve ser compreendido como a Linguagem de Marcação de Hipertexto.

Criado e desenvolvido inicialmente pelo britânico Tim Berners-Lee, essa ferramenta se apresenta como a estrutura básica presente em um site na internet e o mecanismo pelo qual as informações são conectadas.

Uma empresa que presta o serviço de impermeabilização de baldrame com manta asfáltica precisa trazer informações para o cliente em potencial acerca do procedimento, valores e diferenciais que seu serviço possui dentro do site.

Mas se engana quem acredita que para divulgar tais elementos basta inserir exatamente o que deve ser dito e transmitido. Para que os dados publicados façam sentido no contexto de um website, é necessário fazer a aplicação de uma linguagem de computação.

Os hipertextos então são um conjunto destes elementos usados estrategicamente de acordo com as recomendações técnicas para combinar as informações, de modo que o usuário efetivamente consiga receber as imagens, vídeos e demais documentos.

Esse processo é chamado de cruzamento de dados, que ocorre por intermédio da organização dos elementos e, posteriormente, no armazenamento de informações.

Um fornecedor de itens automotivos como as peças para empilhadeira toyota, possui uma página na internet com a formatação que engloba diferentes tamanhos de títulos, imagens, vídeos e parágrafos.

Essa característica em sites viabiliza um melhor entendimento dos visitantes sobre as informações publicadas, tornando a leitura mais confortável e a página esteticamente bonita e estruturada.

Se antes era comum encontrar páginas com poucos elementos, contendo poucas imagens, textos mal formatados e sites com erros, o cenário atual é o contrário. Além do HTML, outras linguagens de computação e programação são utilizadas.

Tais linguagens possuem a função de conectar os dados esquematizados no HTML, como o JavaScript e o CSS. Todavia, os hipertextos são fundamentais para que essas ferramentas cumpram com sua função.

Essa integração entre as linguagens de programação pode ser comparada com a função do esqueleto e músculos no corpo humano, ou seja, são partes diferentes mas requerem a intersecção de suas respectivas funcionalidades.

Programação por comando

Conforme frisado pelos profissionais da área, os hipertextos são respaldados por comandos específicos dos elementos e tags exigidos para a construção e personalização de um site em concordância com o escopo desenhado para o projeto de website.

Logo, esses comandos possuem um padrão, que foi implementado durante a criação da linguagem HTML. Entretanto, precisam ser trabalhados para conectar o conjunto de dados a serem compartilhados.

Com o uso adequado destes, é possível fazer um detalhamento assertivo sobre a funcionalidade e benefícios de um indicador químico para autoclave, variando as formas de comunicação, como a escrita, sonora e visual.

Aliás, para criar um site e páginas que atendam a necessidade do cliente ou idealizador do projeto, os programadores precisam ter diretrizes assertivas para fazer com que os comandos implementados correspondam às expectativas.

Por isso, dar transparência acerca do público-alvo, os termos mais usados por esse público, bem como as formas de comunicação necessárias, é fundamental para que os comandos consigam entregar com sucesso os conteúdos para o destinatário ideal.

Em adição, as tags são capazes de ditar algumas funcionalidades sobre a estrutura e formatação de uma página, que contemplam a estrutura, elementos como figuras e textos e ainda o ordenamento estético:

  • <head>: todo conteúdo generalista da página ou documento;
  • <title>: título do texto;
  • <body>: comando de elementos que irão no corpo do documento;
  • <h1 até h6>: estrutura que corresponde aos títulos e subtítulos.

São encontrados aproximadamente 140 comandos e tags disponíveis para uso no HTML, no entanto, com os avanços tecnológicos concomitantemente ao aparecimento de outras linguagens, quase não é necessário usá-los.

Entenda os hipertextos na prática

O HTML é esquematizado dentro de um documento cuja extensão é “.html” ou “.htm.” e depois disso é inserido em um navegador como o Google Chrome, Mozilla Firefox ou Safari, que faz a leitura deste documento e transmite o conteúdo para o usuário.

Cabe enfatizar que cada página na internet reporta a um documento específico de HTML. Sendo assim, pode-se entender a necessidade de dois ou mais documentos distintos, conforme a quantidade de páginas de um site.

Uma loja virtual entende a relevância das estratégias de inbound e outbound marketing no ambiente digital, logo, além de centralizar táticas como o envio de e-mails marketing, anúncios e interações nas redes sociais, trabalha também com textos no blog.

Para que os conteúdos sejam publicados, não basta somente possuir o conteúdo escrito. A formatação em HTML torna-se fundamental para permitir a troca de informações, impactando nas vendas de capa para tv 49.

A linguagem nada mais é do que um conjunto de códigos, conforme explicitado por especialistas na área de tecnologia, e podem ser trabalhados no bloco de notas disponível dentro dos computadores modernos.

Os códigos devem contar com tags que são os elementos usados para possibilitar a construção dos conteúdos e, consequentemente, de páginas. Além disso, as tags formam blocos de construção de página, oferecendo comandos sobre a formatação exigida.

Com os comandos de códigos usados na criação de uma página para divulgar informações sobre os benefícios da aquisição de uma pedra brita 1 em uma construção civil, o HTML consegue cumprir com sua função de linguagem de programação.

Aplicações do HTML

Em suma, pode-se dizer que os hipertextos são o mecanismo pelo qual a estrutura e posicionamento de informações são definidos dentro de uma página ou site.

Para isso, o HTML possui locais em que seu uso se faz indispensável, e é preciso compreendê-los para saber integralmente a efetiva função dos hipertextos na linguagem de comunicação.

1 – Acesso e hospedagem de sites

Uma das estratégias mais usadas dentro do marketing digital é a publicação de conteúdos na internet e a construção de páginas para divulgar um produto ou serviço em específico. Para que as estratégias gerem resultados, é preciso que ocorram acessos nas páginas.

O primeiro passo para que um site tenha acesso é que este esteja presente na hospedagem de um servidor web. Depois disso, o documento com extensão “.htm” deve ser inserido com os comandos e conteúdos devidamente estruturados.

Assim, indo ao encontro com o perfil e comportamento do público a ser alcançado pelo site, a página estará pronta para receber os acessos e alavancar as taxas de conversão de bateria agm 80.

2 – Ferramentas de pesquisa

Os mecanismos de pesquisa são essenciais para permitir o encontro entre empresas e clientes em potencial, porque através de termos buscados, os resultados principais conseguem ser entregues.

Aliás, os resultados encontrados no ferramento de pesquisa correspondem aos comandos delegados no HTML. Isso porque, com a ajuda do sistema de ranqueamento, os títulos comandados são exibidos nas páginas.

3 – Semântica e design

Com o avanço do marketing digital, a disputa por espaço e visibilidade na internet tornou-se mais acirrada, sendo necessário que as empresas contem com técnicas para fazer frente à concorrência e conseguirem verdadeiramente atrair o público.

A semântica e estruturação tornam quaisquer leituras mais simples, e isso é possível por intermédio da produção de conteúdos relevantes ao público-alvo e do posicionamento estratégico feito com os hipertextos.

Considerações finais

A tecnologia recebeu diversos investimentos nos últimos anos como reação ao apelo feito no mercado no que tange à aceleração digital, permitindo maior dinamismo e velocidade nos negócios.

Contudo, pode-se concluir que as linguagens de programação, como o HTML, são fundamentais para permitir que os conteúdos sejam entregues com sucesso, dispondo de táticas, técnicas e comandos específicos dentro de uma página na web.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.